Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Poetisa e Escritora

    Halloween / Meu lado bruxólico
    Arlete Brasil Deretti Fernandes em 1 novembro 2010 às 16:18

    Minha porção bruxa
    Vive em meu coração
    De mulher.

    Amo meus amores,
    Minha pátria e meus amigos.
    Luto dia a dia pela paz e pelo bem.

    Pressinto,
    Intuo,
    Harmonizo,
    Concilio,
    Afago,
    Acaricio.

    No silêncio de meus pensamentos,
    Arquiteto e teço minhas benzaduras,
    Sempre para o bem.

    Não tenho o manual Wicca,
    Mas no caldeirão de minha alma
    Misturo as minhas poções,
    Sem guardar rancores nem mágoas.

    Por tudo isto, sou leve,
    E a vassoura transporta-me
    A qualquer lugar.

    Desmistifico a imagem criada
    De bruxa feia,
    De nariz comprido.

    Sou a bruxa-mulher,
    Que por muitas qualidades e poderes
    Fui expulsa na História
    Dos lugares de destaque que só homens
    Ocupavam.
    E muito disto até hoje perdura.

    Acima de qualquer coisa,
    Posso gostar de gatos,
    Posso fazer meus chás,
    Acalento e curo.

  • Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

    Mulher - bruxa & fada
    Mônica Pamplona

    No solstício que celebra o verão.
    Sou bruxa num ritual.
    Tendo wicca como religião.
    E o amor nesse abissal.

    Intervenho em teu destino.
    Feito fada em pura magia.
    Sou fêmea,feminino.
    Só eu sei minha biografia.

    Descendo dos quatro elementos da natureza.
    Sou o cálice,a vulva da Deusa.
    Sacerdotisa como alteza.

    Ou uma fada se assim o quiser.
    Dos três extremos quaisquer.
    Sou fada,bruxa,ou simplesmente mulher

  • Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

    E o feitiço funcionou

    Marcial Salaverry

    Senti a força de seu feitiço,
    fazendo um bom serviço...
    Seu feitiço foi perfeito, funcionou,
    e o amor chamou...
    Pensava que não viria,
    mas de você não deixaria...
    Foi um atraso apenas,
    e nisso não há penas,
    apenas aumenta a ansiedade,
    que trará mais felicidade
    no momento tão esperado,
    desse encontro ansiado...
    São detalhes tão pequenos,
    coisas de somenos,
    aumentando a expectativa,
    e mantendo a paixão ativa...
    Não se desespere,
    apenas espere...
    Tudo vai acontecer simplesmente,
    e o amor fluirá totalmente...

  • Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

    Adorável vampiro sedutor
    Marcial Salaverry

    Sou um vampiro sedutor,
    que apenas quero teu amor...
    Nesse lindo cangotinho,
    quero depositar meu beijinho,
    e escorregar até o ouvidinho...
    Não quero teu sangue chupar,
    quero apenas te vampirizar,
    pra que nunca deixes de me amar...
    Então querida... ofereces-me o pescocinho?
    Apenas quero te beijar com carinho...

  • Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

    Halloween

    Don't worry for the night
    'cause there's no way to go;
    I thought that you'd know
    that we're flying up in the sky.

    Don't try seeing my face;
    there's nothing here to be seen.
    You can't know where I have been.
    Nor even if you risk a glance.

    I am not the Mr. Boogieman
    althoug I also wonder if I am alive:
    The stars are dark and die
    when I come to be what I am.

    After some time I take off my mask
    And you see this is not a dream...
    You try to run away really fast
    - cry baby! Cry! I am "Halloween"!

    Vinícius Antonio Bittencourt

  • Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

    Dedicado à
    Intensa e
    Antiga

    Doutrina
    Ancestral das
    Seguidoras de

    Brigida, a
    Rainha e gentil
    Usuária do
    Xale das
    Amas
    Sagrada

    Silvia Ferreira Lima

  • Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

    Poção do amor

    Com estilete dourado
    direciono o sangue das veias
    ao caldeirão por rubis cravejado.

    Lagartos, escorpiões, mente insana,
    aranhas e suas intrincadas teias,
    pitadas de malvadez humana...

    Ao som de mantras remexo e bebo.

    A coruja observa, antevendo o cio.

    Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
    Rio de Janeiro, 31 de outubro de 2010 – 23h11

  • Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

    Horror
    Miguel Piçarra

    Quando o sangue jorra sobre o altar,
    O sacrifício de uma vítima imolada
    Está a acontecer, nesse tétrico lugar,
    Sobre a sepultura ou campa profanada;

    Um esquálido e satânico sacerdote
    Bebendo pelo crânio em forma de taça,
    Invoca as forças ocultas e a própria Morte,
    Querendo e desejando toda a desgraça;

    O cheiro do sangue quente espalha-se no ar,
    Atraindo e alvoroçando os morcegos vampiros
    Que se angustiam por o provar e saborear;

    Ocultamente, debaixo da lua cheia a brilhar,
    As inumanas feras fazem ouvir o seus suspiros
    E os uivos compõem uma sinfonia ao luar!...

This reply was deleted.