Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

AGRADEÇO A TODOS OS PARTICIPANTES!!!


Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho!

É o meu Brasil querido o Coração do Mundo,
gigantesco a pulsar em ritmo grandioso,
abrigando em seu seio nobre e tão fecundo
um povo hospitaleiro, forte e generoso.

Oh! Pátria tão amada! És grande, enriquecida
dos favores do céu, do amor, da caridade.
Canto-te nestes versos com a alma estremecida
mostrando-te qual és: Farol da Humanidade...

Terra de Santa Cruz, vibrante e sobranceira,
o Cristo fez de ti a sua nobre herdeira
fazendo-te crescer à sombra do Cruzeiro.

No amor pátrio que inspira e toda a alma me invade,
agradeço ao meu Deus a bênção, a caridade
de ter nascido afinal em solo brasileiro!
Mariinha Mota


Brasil, mostra a tua cara!
Denise Severgnini

Mostra a beleza não escondida
Embalsama a ferida
Exposta pelo corruptor

Mostra o trabalho do povo
Cidadão de honra e valor
Que não tem medo da lida

Mostra incentivo à Educação
Alicerce de um futuro promissor
De uma Nação que quer esplendor

Mostra a esperança fluente
Para que a tua gente
Possa viver e sonhar algo melhor

A

T
R
A
Ç
A grassa e não passa // só voltando // - o comício prá praça!...

Marco Bastos

Triste país, sem educação e sem . Suas elites se omitem e abdicam da liderança que deveriam exercer. Política de conchavos, de malas de dinheiro, de coalisões, coligações, pluripartidarismo faz-de-conta, povo massa-de-manobra sem noção de nação, mídia na mão de governos que se perpetuam. As campanhas políticas parecem teatros de marionetes, a postura dos candidatos em breves notas decoradas, sem a menor paixão, sem qualquer convicção. Um povo que foi silenciado e que se esqueceu das práticas democráticas, do verbo rasgado nas praças. A palavra, o compromisso e o cumprimento, não a retórica demagógica, as equações, as estatísticas, as pesquisas e as fórmulas. A mão que dá, escraviza.


O coração brasileiro
Marcial Salaverry

Só quem viveu em terra estrangeira,
Dá o devido valor ao nosso torrão...
Viver nesta terra brasileira,
é que alegra o coração.
Sonha-se com a vida lá fora,
mas quando vamos embora,
e começa a bater a tristeza,
é que vemos quanta beleza
deixamos pra trás...
E quando fala o coração brasileiro,
queremos que nosso suspiro derradeiro
seja aqui em nosso torrão natal...
E quanta saudade nos traz...
Foi durante a revolução,
quis tentar nova situação,
e embarquei na aventura,
pois aqui a vida estava dura...
Bateu mais forte a saudade,
e voltei, para minha felicidade...
Para sentir de novo a emoção
de estar de volta ao meu rincão...
Olhando pela janela do avião,
não nego que chorei de emoção...
Brasil tem seus defeitos,
nem poderia ser perfeito,
mas vive no coração
de quem aqui nasceu,
ou de quem aqui viveu...
“Imita na grandeza a terra em que nasceste”...
Sábias palavras,
que sempre mexem com a emoção...
E com todos os defeitos,
sempre será
PATRIA AMADA, BRASIL...


Amor pelo Brasil
Marcial Salaverry

Só quem viveu em terra estrangeira,
Dá o devido valor ao nosso torrão...
Viver nesta terra brasileira,
é que alegra o coração.
Sonha-se com a vida lá fora,
mas quando vamos embora,
e começa a bater a tristeza,
é que vemos quanta beleza
deixamos pra trás...
E quanta saudade nos traz...
Foi durante a revolução,
quis tentar nova situação,
e embarquei na aventura,
pois aqui a vida estava dura...
Só que depois achei besteira...
Voltei para consertar a asneira,
e sentir de novo a emoção
de estar de volta ao meu rincão...
Olhando pela janela do avião,
não nego que chorei de emoção...
Brasil tem seus defeitos,
nem poderia ser perfeito,
mas vive no coração
de quem aqui nasceu,
ou de quem aqui viveu...
“Imita na grandeza a terra em que nasceste”...
Sábias palavras,
que sempre mexem com a emoção...


Brasil continuo te amando
Marcial Salaverry

Para que o céu da liberdade
brilhe de felicidade,
seria necessário haver reciprocidade
no penhor da igualdade...
Esta nossa terra adorada,
sempre tão maltratada
pelos politicos vilipendiada,
pelos dirigentes desprezada...
Podemos enfrentar de peito aberto,
todas as dificuldades, decerto,
apenas precisamos ter por perto
quem possa nos conduzir a um rumo certo...
Este Brasil ainda jovem e imaturo,
foi, é, e será o eterno País do Futuro,
enquanto não surgir um lider puro,
que venha nos tirar deste poço escuro...
Alguém que com Ordem e Progresso,
possa nos encaminhar ao rumo do sucesso...
Alguém que erga da justiça a clava forte,
e possa nos conduzir a uma melhr sorte...
E assim, diremos com voz forte e varonil,
Pátria Amada, Brasil...


Muda governo, entra governo e a vergonha continua
Ana da Cruz

O analfabetismo funcional, baixo-letramento ou semi-analfabetismo, neste estudo, é utilizado para designar a condição de pessoas ou grupos que sabem ler e escrever, no sentido de identificar e desenhar palavras no papel, mas não sabem, também, interpretar um enunciado e expressar-se na sua própria língua, utilizando-se da leitura e da escrita, incorporando-as em seu viver, como elemento transformador de sua condição pessoal, dentro do âmbito l, social e de trabalho.
[...]
Um dos pontos, colocados como positivos pelos governos municipais, estaduais e federal, é a diminuição da repetência - tida como fator de desmotivação do aluno - e o aumento de vagas (como se as vagas, por si sós, gerassem formação). Não se leva em conta que apenas um diploma não confere conhecimento. Uma escolarização mal feita acaba gerando um analfabeto funcional diplomado, condenado a subempregos, por apresentar um desempenho bem abaixo da expectativa. A abertura de vagas - sem repetência, para economizar dinheiro público -, não passa de um presente de grego, em que um diploma conferido não corresponde a um conhecimento acreditado e real, sendo um falso passaporte para o mercado de trabalho, que, cada vez mais, procura qualificação.

Parece que o grande trabalho do atual Ministro da Educação e seus sucessores, dos governadores e prefeitos deste país será trabalhar para reverter esta verdadeira tragédia na educação pública.

CRUZ, Ana da. O Analfabetismo Funcional (Síntese). Revista Estalo nº 2. Belo Horizonte: Jornal Estalo, 2004. Original: O Analfabetismo Funcional (Artigo Científico). Belo Horizonte: UFMG, 2004.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Analfabetismo_funcional
http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/1253623
http://muraldosescritores.ning.com/profiles/blogs/o-analfabetismo-f...

A qui no Brasil, o comum é falar mal dos outros partidos e não fazer nada diferente

Quando me perguntam qual o meu partido, sempre repito: meu partido é o Brasil. Tem décadas que a resposta é a mesma. Então, não importa se é de direita, centro ou esquerda. Fez alguma coisa positiva, que contribui para o nosso crescimento, eu aplaudo, prejudicou ou nada fez senão embromar, eu critico. Sem partidos políticos, sem mitificar um político.

O país precisa de mais consciência, discernimento, em todos os níveis e toda grande mudança estrutural começou na educação.


Que seja bonita a tua festa, pá!
Paulo César

Escrevo, perante o teu verde,
a esperança e saudade...
E no azul profundo o sonho e o futuro...
Que quando o amarelo
invade o teu sangue mestiço,
nascido da negritude dos escravos,
inventas o carnaval
e requebras no samba!

O nosso fado comum gerou
um mar oceano
que é caminho e abraço!

Que seja bonita a tua festa, pá!


Etelvina Gonçalves da Costa

Hoje dia da Pátria Brasileira desejo Que Deus a proteja e a abençoe.
O meu carinho a todos os irmãos brasileiros filhos da minha pátria
e de tantas outras unidos num só desejo enaltecer a pátria brasileira.


Brasil...
Wilson Carlos Roberto

Brasil, onde está a tua Bandeira?
E o lema: Ordem e progresso?
Sinto e vejo. . . Apenas retrocesso.

E as cores mais lindas do mundo?
O amarelo: o teu ouro. . . Sumiu.
O verde: entregue aos estrangeiros.

O azul: enfumaçado, mal se pode respirar.
E o branco: PAZ! Falta dignidade. . .
E as estrelas: sem brilho, usurpadas!

Cadê o brado heróico e retumbante?
Eu digo: está sufocado na garganta
Da tua juventude. . . Sem opção.

E o grito de independência que um dia
Ecoou às margens do Ipiranga?
Perdeu-se no tempo? Calaram-se as vozes...


Lais Maria Muller Moreira




Arthur Jaak Wilfrid Bosmans


Gilbamar de Oliveira Bezerra

O povo precisa de moral?
Sim, implica em respeito,
e isso é algo essencial,
para tudo há um jeito

Família é a base de um país,
sem ela tudo é confusão,
é como da árvore a raiz
o esteio maior da Nação

Ouço dizer na imprensa
vão entregar camisinhas
-como macabra sentença-
nas públicas escolinhas

Por que esse incentivo
ao sexo desregrado?
Será algo positivo
motel escolarizado?

Estudante é pra estudar,
não deve sair pensando
ir à escola para transar
como bicho não pensante

Que vão pensar do Brasil
que faz da escola motel?
Um País que decidiu:
estudar é sexo a granel


Claudinha Poeta - Londrina Brasil

EU BRASIL
TU BRASIL
ELE BRASIL
ELA BRASIL
NÓS BRASIL
VÓS BRASIL
ELES BRASIL
ELAS BRASIL

NOSSA HISTÓRIA VIVA
TEM PASSADO QUE NO PRESENTE
TEM AS FLORES DA PELA
BUSCA E LUTA DA LIBERDADE ???

LIBERDADE CONSCIENTE DO HUMANISMO
QUE TEM NA FLORA SEU UNIVERSO

DE VIDA PELA VIDA ,
SONHAMOS COM NOSSO BRASIL
TECENDO SUA HISTÓRIA VIVA

DEFENDENDO NOSSOS TERRITÓRIOS
DEFENDENDO NOSSOS ESPAÇOS

PELA BELEZA E HARMONIA
DO AMOR INCONDICIONAL
EM SOCIEDADE !!!

BRASIL BRASILEIRO BRASILIDADE
DEUS EUS EU
NOSSA EVOLUÇÃO SEJA DE FATO REVOLUÇÃO !!!


Claudinha Poeta - Londrina Brasil

Necessidade do Brasil
Crença na esperança da fé
Pela sociedade saudável !!!

Paz e bem
São fontes vivas
Da democracia viva !!!

Que nossos representantes
Democráticos saibam toda força
Da união da massa pela educação
Da vida em viva !!!

Quem ama educa
Içami iba

Movimentos humanistas
Pela organização do amor
Em nosso corpo e alma

Somos assim
Não desistimos jamais
De sonhar !!!


Edward Lyons

A Patria Magnifica! Muito Obrigado, meus amigos!


Brasil
Ivan Melo // Dalva de Oliveira

Terra adorada,
Terra santa,
Terra do samba,
Terra do amor!

Brasil das alvoradas,
Do frevo pelas madrugadas,
Terra de esplendor!

Brasil, país do sol,
Pátria do futebol!
Brasil das morenas e mulatas,
Terra de grande sabor!

Brasil de grandes mares,
Da fé pelos altares,
Terra de imenso louvor!

Brasil de grandes florestas,
Terra que vive em festa
Em seu espaço multicor!

Brasil de águas abundantes,
Terra de verdadeiros amantes
Que amam sua beleza tropical
Com paixão e ardor!

Brasil, terra da arte,
Do folclore, dos estandartes,
Terra do escritor!

Terra sonhada,
Terra amada,
Terra de anil...
Adorada terra do Brasil!


Amado Brasil
Mônica Pamplona

O verde de tuas matas.
Meu Brasil amado.
Desbota diante das queimadas!


Meu País, meu Brasil!
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz

Fixo-me no horizonte desse País
e os devaneios prosperam...
Ah! Minha Pátria Amada, Brasil!

A um primeiro olhar
- em preto e branco -
consigo tão somente soluçá-lo
na tristeza dos meus versos...
Mas, a um segundo olhar
- verde azulado –
brinco de roda e rodopio feliz,
num amanhã azul de prados verdejantes...

Fixo-me no horizonte desse País
e os devaneios prosperam...
Ah! Minha Pátria Amada, Brasil!

Anseio e peço e choro e clamo,
que nos confins magníficos
dessa terra exuberante,
a Igualdade agora decantada
num clamor por Justiça,
seja cunhada na História
e, o quanto antes,
por nós mesmos...

Ah!... Por onde o inacessível fulgor
do utópico país que anseio e que verseja fugaz...
longínquo dos meus versos?

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas