DIAMANTE BABPEAPAZ

Ano III. Tertúlia Poética nº 4.

Edição nº 29 - abril 2012.

Tema: Segundo Aniversário da PEAPAZ

3542138575?profile=original

8 DE ABRIL A 15 DE ABRIL

3542138510?profile=original

3542138521?profile=original

3542138510?profile=original


FELIZ ANIVERSÁRIO PEAPAZ!

Cláudia Gama & Nazareno Oliveira


Em procura do já amadurecido

Mostrando-se explicado

A um ideal escolhido

Amparado por um símbolo...

Tudo começou... Um pélago!

Profundo... Na busca do certo

Então um castelo fora erguido

Grão por grão... Esforço emotivo

E se mantém intenso no objetivo

Vinculando a sabedoria de conquistas

Valorizando a verdadeira essência poética

Tornando sonhos possíveis através da escrita

Nutrindo pensamentos reflexivos

Enchendo de luz e esperança o espírito

Que assim seja... Que seus frutos sejam eternos...

3542138510?profile=original

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • P oeta! poeta! // tatatá! tarará! - // festa que chama e inflama! (3)

    E ssa tal poesia,  pele fria // nem sapo encantado // nem jia (4)

    A ra_ponga // arabesco na parede // tanta rosa, tanta sede (5)

    P ara-raio // papagaio // me segura na altura - subo e caio. (2)

    A legria PEAPAZ // nada mais // é tanto faz (6)

    Z - rodopia PEAPAZ // versos (p)rosas vida longa // poesia, poesia (1)

     

    ***********************

    Vania de Castro (1)

    Marco Bastos (2) (4) (5) (6)

    Sílvia Mota (3)

    • PRATA BABPEAPAZ

      Parabéns!

      Como não elogiar uma  turma tão competente?                    tatatá! tarará!         Está passando na minha rua a bandeira do divino agora mesmo!!!!    Beijossssssssssss

  • PRATA BABPEAPAZ

                                               Segundo aniversário do PEAPAZ

     

                                               É manhã!

                                               Gorgeiam pássaros felizes.

                                               Do orvalho, escorrem lágrimas...

                                               A luz ilumina a estrada inteira.

     

                                                Eu me levanto,

                                                Vejo rosas abertas ao sol.

                                                Colho dálias, cravos e buganvíleas.

                                                 Jasmins e violetas doce perfume exalam.

     

                                                 Recordo do primeiro dia,

                                                 Dos amigos, poetas e escritores

                                                  De tantas mensagens

                                                  De amor e amizade,

                                                  De alegria e de Paz.

     

                                                   Que comentam, estimulam.

                                                    Há os que comovem por

                                                    Compor sonetos divinais.

                                                    Que admiro, respeito e guardo

                                                     Em meu coração.

     

                                                     Há também os que  compõem

                                                     Lindos versos livres, brancos,

                                                     E o que vale são as mensagens

                                                     De Amor, amizade e Paz!

                                                     Que constroem este recanto!

     

     

     

                                              

     3542815591?profile=original

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • MEU AVÔ DIZIA QUE FESTA SEM MÚSICA , SEM FOGUETE E SEM MENINOS NÃO É FESTA. ENTONCES, VAMOS LÁ: rs,

    Tá em turco, mas isso não faz a menor diferença, vocês vão entender tudinho. Afinal, mais teimosa do que ela, mais ciumenta e pirracenta nós já vimos algumas aqui no Brasil. rs: Prá quem está próximo dos 45 anos, e esse é o meu caso, bom deixar uma drágea de Ancoron fora da caixa, afinal pressão arterial sobe e não avisa, né?. rs.

     

  • P oeta! poeta! // tatatá! tarará! - // festa que chama e inflama! (3)

    E ssa tal poesia,  pele fria // nem sapo encantado // nem é jia (4)

    A

    P ara-raio // papagaio // me segura na altura - subo e caio. (2)

    A

    Z - rodopia PEAPAZ // versos (p)rosas vida longa // poesia, poesia (1)

     

    ***********************

    Vania de Castro (1)

    Marco Bastos (2) (4)

    Sílvia Mota (3)

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    P oeta! poeta! // tatatá! tarará! - // festa que chama e inflama! (3)

    E

    A

    P ara-raio // papagaio // me segura na altura - subo e caio. (2)

    A

    Z - rodopia PEAPAZ // versos (p)rosas vida longa // poesia, poesia (1)

     

    ***********************

    Vania de Castro (1)

    Marco Bastos (2)

    Sílvia Mota (3)

  •  

    P

    E

    A

    ara-raio // papagaio // me segura na altura - subo e caio. (2)

    A

    Z - rodopia PEAPAZ // versos (p)rosas vida longa // poesia, poesia (1)

     

    Vania de Castro (1)

    Marco Bastos (2)

This reply was deleted.

Página de Comentários

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • DIAMANTE BABPEAPAZ
    Belos momentos, em que a inspiração dos peapazianos transbordava em nossas páginas. Recuperaremos aquele enlevo no Portal BABPEAPAZ.
This reply was deleted.