DIAMANTE BABPEAPAZ

Pelas estrelas...

Pelas estrelas...

 

Retoco no meu pranto a luz do céu orvalho

e um pensamento intenso ajunta-me às estrelas

numa oração de Paz à sombra do carvalho.

Retoco no meu pranto a luz do céu orvalho

enquanto peregrino. Escolho meu atalho

nas vigas do Universo. Eu sei, mereço vê-las.

Retoco no meu pranto a luz do céu orvalho

e um pensamento intenso ajunta-me às estrelas.

 

Aos meus pais

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz

Rio de Janeiro, 9 de março de 2011 – 6h21

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.