Muito bom BABPEAPAZ

Sensível aos sons do Universo

Sensível aos sons do Universo
Meu amor é borboleta liberta
que habita o infinito.
Seu voo é a melancolia
e sua essência a saudade.
Não é senão a íris que chora
ou a gota de orvalho que rola.
Convoco o coração ao silêncio,
para ouvir o tilintar das estrelas
e conhecer no mantra que declamo
o poder da minha Fé. Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Rio de Janeiro, 2 de outubro de 2011
Poema Sufi nº 1

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas