Muito bom BABPEAPAZ

Disaforo

Disaforo

Num aguento o fresco choro
vô fazê um bafafá
qui o barulho já faiz côro
ora aqui, ora acolá.
Mai vê só que disafôro:
Si essa tar d’Órea si foi
armô chifre nesse boi
- o Marquinho das candonga!
E o frangote perna longa
inda é surdo pros meus oi!
Sílvia Mota

Rio de Janeiro, 24 de setembro de 2011 – 18h22

Minha resposta ao corde de Marco Bastos:
Disaforo

Ai qui sodade docê
prá iscrevê uns disaforo
mordê assoprá ô lambê
cum letra di dá nu coro.
inda vô fazê um auê
a tar da Órea faz farta
e vô mandá essa carta
i cum us correio di greve
vai qui u diabo num leve
vô cochichano em vóis arta.
Marco Bastos

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas