Todos os posts (6)

DIAMANTE BABPEAPAZ

Fim da Vida

51526768?profile=original125268376?profile=original

Fim da Vida
125268376?profile=original

Que veredas são essas,
onde as árvores se cortam num abalo brusco,
onde a chuva se nega a matar minha sede
e o sol desistiu de enxugar meu pranto?
125268376?profile=original
Que veredas são essas,
onde o ar esfria e esquenta e gela e morre,
onde meu rosto se d

Saiba mais…
DIAMANTE BABPEAPAZ

Toque

Toque

 

Não falarei de rosas ou crisântemos

neste mundo devastado pela chuva,

onde tropeço em esqueletos

alinhados no chão.

Chamo corrupção

a esse mal insano

cortado em róseas auréolas

mastigadas a sangue frio

bem à frente dos meus olhos,

na mesma ru

Saiba mais…
DIAMANTE BABPEAPAZ

Extinção

Extinção

51525024?profile=originalEra uma vez certa mulher, que se deitava na escuridão da madrugada, entre jasmins e solitude, coberta pelo lamentoso som do uirapuru. Escrevia poemas sem palavras pela relva do poder. Apagava a luz dos vagalumes, enojava-se ao sabor das frut

Saiba mais…