SEM ACASO, UM REENCONTRO

3542230110?profile=original

SEM ACASO, UM REENCONTRO

Não houve acaso ao renascermos

Nem notamos o reencontro

Nascido de antes, dos ermos

 - Nos conhecemos sem confronto...

 

Sem querer houve desencontro;

Entre os tempos, não houve termos.

Não houve acaso ao renascermos

Nem notamos o reencontro...

 

Vidas  - duplas faces que vemos,

Almas afins, seres e encontros

A palmilhar no chão que temos

Sem atos vãos, sem transpor pontos

- Não houve acaso ao renascermos!

_____________________________

Autoria: Cida Maia Oliveira

Localidade: Campo Grande/MS

Brasil

______________________________________

 TEXTO:   Licença Creative Commons: permitir a cópia, distribuição

e execução da obra, desde que lhe sejam atribuídos os devidos créditos.

 

 

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.