DAS NOVE PASSOU, NEM SINAL

3542230639?profile=original


DAS NOVE PASSOU, NEM SINAL

 

Das nove passou, nem sinal

O meu amor que hoje regressa
Já vejo o pássaro que passa

Noite vem, não vejo o canal

 

Sabes, esperar-te não cansa
Fico toda noite é normal

Das nove passou, nem sinal

O meu amor que hoje regressa

Ninguém repara, sou banal
Um mendigo assim noite passa
Amor cuidei bem do quintal
Só o teu abraço traz a pressa
Das nove passou, nem sinal

 

 

João Pereira Correia Furtado
Praia, 12 de Janeiro de 2015
http://joaopcfurtado.blogspot.com

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.