ALAZÃO DE PRATA

3542144847?profile=original

ALAZÃO DE PRATA


Oh! Alazão de prata, corcel da ilusão,
Meu tesouro azul, minha miragem.
Sonho de amor, diamante do meu chão,
Rei das soberanias, minha voragem!

Meu encanto alado, minha viagem!
Teu cavalgar, minha sela de emoção.
Oh! Alazão de prata, corcel da ilusão,

Meu tesouro azul, minha miragem!

Sol das manhãs, sangue do coração!
Meu mito, meu infinito de coragem,
Vigor do enlevo, da mágica atração,
Meu favo de mel, meu doce selvagem.
Oh! Alazão de prata, corcel da ilusão!

Vilma Piva

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Olá Silvia, Obrigada pelo carinho da sua leitura.

    Valeu, querida!! Beijos!

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Belíssimo poema, repleto de lirismo!

    Beijosssssssssssssssssss

This reply was deleted.