Poema Mote: Sonho calado

Poema Mote:

"SONHO CALADO", de Arlete Maria Piedade Louro

publicado no seu blogue da Rede PEAPAZ.

 

Orientações:

1 - Regras básicas obrigatórias

A participação no desafio implica o cumprimento das seguintes regras básicas:

a). Publicar a imagem proposta, que consta abaixo;

b). Indicar o título do poema replicante;

c). Inserir o poema replicante;

d). Inserir o nome do autor e o seu país de origem;

e). Cada membro poderá participar, em cada desafio, com um máximo de DOIS trabalhos;

 

2 - Princípios e Regras Gerais e esclarecimentos de dúvidas

a). Para um total cumprimento das regras, deverão ler o Regulamento do Grupo e os "Princípios e Regras de Participação" respeitantes ao Desafio Mensal "Réplicas Poéticas a Mote", que consta da Página 2 do Grupo;

b). Todas as dúvidas poderão ser esclarecidas através de mensagem interna para o Administrador do Grupo (não usem, por favor, o espaço de comentários para pedir esclarecimento de dúvidas);

 

3 - Classificações

Serão atribuídas classificações, pelo Júri, de primeiro, segundo e terceiro lugar; podem, ainda, ser classificados ATÉ dois poemas replicantes com Menções Honrosas.

 

4 - Exclusões

Serão excluídos do desafio, após informação aos respectivos autores:

a). Os poemas dos autores que não cumprirem as regras básicas referidas no ponto 1, acima;

b). Os poemas que ignorarem o estilo da estrutura poética a aplicar nas Réplicas;

c). Os poemas que excederem a quantidade máxima permitida por autor.

 

5 - Estilo da estrutura poética

Para o presente desafio, o estilo da estrutura poética a adoptar pelos participantes nos seus poemas replicantes será LIVRE.

 

6 - Prazos de participação

O presente desafio "Réplicas Poéticas a Mote" decorrerá durante todo o mês de Janeiro e a data limite para publicação será o dia 31 de Janeiro de 2015, à meia noite.

 

 

SONHO CALADO

 

És o sonho calado, que consinto

Sem palavras, amado à distância

Impossível desistir, pois pressinto,

de tua ternura, doce fragrância!

 

Sentimento expontâneo, natural

nascido na meiguice das palavras,

dessa alma fascinante, o essencial

no meu coração dolorido, gravas!

 

A roupagem carnal que nos reveste,

em breve, retornará ao pó da terra,

só restarão ilusões desvanecidas...

 

mas na altura que nada mais reste,

nostálgica memória ainda encerra,

doces carícias, jamais esquecidas!

 

* * * * * * * * * * * *

Autora: Arlete Maria Piedade Louro

Publicado no seu blogue do PEAPAZ

 

Para publicar o seu Poema Replicante clique aqui

 

Participantes:

Arlete Brasil Deretti Fernandes: " Sonho Interpretado" é o poema Replicante de" Sonho Calado", de Arlete Piedade

Isabel Cristina Silva Vargas: SONHO MEU

João Pereira Correia Furtado: TRIVIOLETRA (TI) SONHOS - RÉPLICA do mote "SONHO CALADO" de ARLETE PIEDADE

LUCIA GUEDES (Lufague): "Sonho calado"

Marcial Salaverry: SONETO PARA UM SONHO DE AMOR - RÉPLICA AO MOTE

Maria Iraci Leal: SONHO CALADO (Réplica semelhante)

Nivea Sabino: NEFELIBATA

Paulo César: Miragem

Waulena d'Oliveira Silva: Silêncio de um Sonho

 

Júri de avaliação:

Arlete Maria Piedade Louro  &  Maria-José Chantal F. Dias

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Imensamente lisonjeada com o Diploma a mim concedido, um honroso terceiro lugar, entre tantos lindos poemas. Fiquei envaidecida, obrigada ao administrador, Paulo, e todos os amigos poetas. 

    Meu carinho, Lu3543216051?profile=original

  • Parabéns a todos os poetas e amigos, pela beleza dos poemas e pelos prémios concedidos! Foram justamente merecidos! 

    Abraços e beijos,

    Arlete Maria Piedade Louro

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Parabéns ao querido administrador Paulo César, pelo sucesso alcançado!

    Parabéns aos queridos escritores pela excelente participação!

    Parabéns, em especial, aos vencedores!

    Beijosssssssss

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Parabéns aos companheiros por seus maravilhosos trabalhos, parabéns aos premiados, muito grata queridas Arlete e Maria-José pela menção concedida ao meu poema, grande abraço para todos, bjs MIL.

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Caro poeta amigo Paulo César nem consigo acreditar em minha classificação. É algo maravilhoso esse reconhecimento para alguém que se sente sempre aprendiz, decorrente de sua própria natureza e, outras por circunstâncias. Obrigadíssimo pela classificação e estímulo incomparáveis. Com o coração exultante de alegria meu abraço.. Cumprimentos a Vitor Manuel , aos classificados e a todos os participantes.

    Isabel

  • PRATA BABPEAPAZ

    Honrada com a menção que me foi atribuída !  Grata à generosidade dos colegas que julgaram e ao administrados do grupo.

    Parabéns à todos os autores participantes e aos premiados um beijo especial.

    Waulena

    3543214344?profile=original

  • Caríssimos membros e amigos,

    Tardaram, mas chegaram, finalmente, os resultados do 3º desafio do "Réplicas Poéticas a Mote".

    Aos distinguidos, o meu abraço de parabéns; a todos os participantes, a gratidão pelo empenho, generosidade e fecundidade inspirativa demonstradas.

    Saudades replicadas extensivas a todos/as.

    PC

    3543213978?profile=original

    3543214191?profile=original

    3543214220?profile=original

    3543214000?profile=original

    3543214262?profile=original

    3543214241?profile=original

  • PRATA BABPEAPAZ

    Esse poema replicado, da Arlete Piedade, é belo demais !

  • Oi poeta maravilinda! Amei o poema. Enviei a Réplica. Abreijus literários e feliz fds!

  • Gostei muito do poema, parabéns amiga! Veja ai a RÉPLICA

    http://silviamota.ning.com/group/replicas-poeticas/forum/topics/tri...

This reply was deleted.
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –