Participe!

Regras para participação, na página de abertura do grupo

Idealizador e Administrador do Grupo: Paulo César

50530139?profile=RESIZE_710x

37 Members
Join Us!

Página de Comentários

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Orientações

REGULAMENTO DO GRUPO “RÉPLICAS POÉTICAS”

 

1.   Definição das características de “Réplicas Poéticas”

§.  Para maior facilidade de entendimento do que aqui se define, esclarece-se que:

a). Replicado – É o autor e o texto publicado em primeiro lugar e que tenha servido de inspiração ao replicante;

b). Replicante – É o autor e o texto criado em segundo lugar, após a leitura dum texto inicial que, de alguma forma, tiver servido de inspiração à sua criação.

 

1.1. Por “Réplicas Poéticas” entendem-se os textos elaborados, construídos e/ou escritos a partir de outros, que lhes serviram de inspiração, seja pelo conteúdo ou pela forma, pelo tema abordado ou pelos sentimentos desencadeados a partir da sua leitura, pela sua beleza e encantamento ou até pela sua eventual fealdade;

1.2. Todas as “Réplicas Poéticas” devem ser construídas de forma original e independente do texto inicial replicado, não devendo utilizar, no todo ou em parte, frases, versos ou qualquer estrutura frásica que conste do mesmo, salvo quando as mesmas forem incluídas “entre aspas”, de modo a significar que são uma transcrição do texto inicial;

1.3. Não há lugar, nas “Réplicas Poéticas”, a qualquer tipo de entrelaçamento, continuação, reconstrução, reelaboração do texto inicial do autor replicado, como acontece nos duetos, devendo os textos ser únicos e independentes entre si;

1.4. Os textos replicantes podem adoptar ou não a estrutura do texto replicado, quanto à sua forma de apresentação, podendo definir-se por réplicas semelhantes ou idênticas, quando seguem o mesmo sentido e sentimento poético, ou réplicas dissemelhantes ou antagónicas, quando se afastam ou recusam as premissas do texto replicado.

 

2.   Dos autores e das suas responsabilidades, obrigações e direitos

2.1. Todos os membros do Portal PEAPaz poderão participar no Grupo “Réplicas Poéticas”, desde que se inscrevam como membros do Grupo;

2.2. A publicação de textos replicantes apenas poderá ocorrer se o autor do texto replicado for igualmente membro do Grupo “Réplicas Poéticas”;

2.3. No momento da inscrição como membro do Grupo, é tacitamente concedida, à totalidade dos pares, autorização para a replicação dos seus poemas, sem necessidade de quaisquer outros formalismos;

2.4. Nos casos em que os autores não aceitem conceder autorização para a replicação dos seus poemas, a sua adesão ao Grupo não será aceite ou, será cancelada, logo que ocorra a expressão dessa vontade;

2.5. A publicação dum texto replicante não implica obrigatoriamente que seja publicado o texto replicado, que lhe tiver dado origem;

2.6. É no entanto obrigatória a identificação, no início do texto, dos dados identificativos relativos ao texto replicado, concretamente:

  - Título do texto, nome do autor e data da sua publicação;

Só deverão ser replicados poemas publicados nos blogues pessoais da Rede PEAPAZ, excluindo-se, inclusive, os publicados nos diversos Grupos existentes na Rede.

2.7. O não cumprimento das regras constantes dos parágrafos anteriores implicará a exclusão do membro em questão e a retirada dos seus textos do Grupo.

 

3.   Questões finais e situações omissas

3.1. Infere-se que, a inscrição de qualquer autor como membro do Grupo “Réplicas Poéticas” implica o conhecimento e aceitação das regras constantes deste Regulamento do Grupo, não podendo ser invocado desconhecimento do mesmo após a inscrição;

3.2. Sempre que surgirem situações omissas no presente Regulamento do Grupo, deverão os membros remeter o assunto ao seu criador/administrador que, depois de analisar as mesmas, decidirá, publicando, para conhecimento de todos, um aditamento ao presente Regulamento.

 

Grupo "Réplicas Poéticas", 13 de Setembro de 2014

Paulo César, Criador e Administrador do Grupo