DIAMANTE BABPEAPAZ

Aqueles dias... Poema MIL

Aqueles dias... 

Sabe aqueles dias
Que você pensa na sua sorte
Os tantos e tantos revezes
Que insistem em ofuscar seu imo
Matar a esperança da alma
É um daqueles dias bem tristes
Em que o sorriso foge da face
Faz sentir-se pano velho e puído
Cobertor rasgado que não aquece
Os sonhos se evadiram
Nada tem graça ou acalenta
Somente o desesperado anseio
De esquecer-se e de tudo que existe
Fugir para o sol
Pegar carona em seus raios
Buscar na paz infinita um milagre...
Pegar carona num raio de sol
O sentido e a luz que arde
Em Deus Pai força e abrigo
Deixar para trás este dia tão triste
Superando com fé e alegria... 

Maria Iraci Leal/MIL
POA/RS/Brasil
10/06/2012

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.