Poetisa

ADEUS

 


O ADEUS
Eri Paiva

Na vida, em algum momento,
Perdas nos deixam sem chão
E o caminho do sofrimento
Abre, com marteladas de dor,
As portas de qualquer coração!

Quer materiais, financeiras,
Humanas, morais, o que sejam
As perdas, mais que ligeiras,
Acenam pra sempre um adeus
Enquanto os olhos gotejam!

É bem mais profunda a ferida,
De um grande amor que nos deixa...
Parece-nos, sem sentido, a vida!
Mas quem criou a saudade
Quis adoçar nossa queixa...

Buenos Aires- Argentina
Em 01. 07. 2019

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas