SOB LENÇOIS

3542203787?profile=original

SOB  LENÇOIS



Em clima primaveril, romanesco e neste instante,
no quarto em penumbra ante acesas e brancas velas,
nosso amor palpita sob o teto - aconchegante -
semelhante quadro a óleo de colorida tela!


Ornam nosso leito mornas e deslizantes sedas;
a tarde testemunha a paixão entre lençois
perfumados, macios, envoltos por róseas rendas
- nem percebemos o belo canto dos rouxinois!...


Há permuta de ardentes beijos entre mil afagos;
nossos rostos enrubescem, é intensa a saudade
num cenário extasiante de mudos abraços largos...


Suave música presenteia os momentos sublimes;
fito teus olhos negros, saboreio a realidade,
emudeço as tristezas e bebo o amor que se redime!

_______________________________________

Autoria: Cida Maia Oliveira

Localidade: Campo Grande/MS

_______________________________________

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    3543141297?profile=original

    • BRONZE BABPEAPAZ

      Cida Mais

      Parabéns pelo prêmio recebido

      Meu carinho e admiração

      Gde beijo

    • Obrigada, Selda, também já a parabenizei pelo prêmio recebido como muita justiça e honra. Seus versos encantam sempre. Abraços

  • Encantador poema, repleto de amor e ternura.

    • Obrigada, amigo Nilson, suas palavras  são pétalas de flores a colorir meu caminho poético. Abraços

    • obrigada, Nilson, logo logo visitarei sua página, ok? Abraços

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Belo poema, repleto de ternura:

    "[...] fito teus olhos negros, saboreio a realidade,
    emudeço as tristezas e bebo o amor que se redime!"

    Parabéns!

    Beijosssssss

    • OBRIGADA MAIS UMA VEZ, VC É UM ENCANTO E INSPIRADA POETISA! ABRAÇOS

    • DIAMANTE BABPEAPAZ

      3544379789?profile=original

    • Mais uma vez obrigada, querida  Silvia. Este trabalho nestas páginas são muito ricos em conteúdo literário e a parabenizo por este espaço encantador e valorizador dos nossos poetas. Abraços

This reply was deleted.