O GRILINHO

O GRILINHO

O grilinho cantava

Sob o tronco de uma árvore

Para alegrar a sua amada

Que tristonha se encontrava.

"Cri... cri... cri... criiii..."

Cantava e cantarolava

O grilinho era um bom cantor

Com seu tom acendia o amor.

O grilinho cantava

A árvore se tremia

A grilinha agora se alegrava

E a natureza muito sorria.

Crui... Crui... cruiiii...

Como é bom existir"

Cantava o grilinho

Para seu amorzinho.

O saltatório cantava

E muita alegria liberava

Agora a grilinha até dançava

E muito contente se regozijava...

Autor: Antonio Cícero da Silva(Águia)

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.