TOP BABPEAPAZ

Solidão

Solidão

 

Que solidão é esta,

Que às vezes me bota tão triste

Não adianta carinho ou festa,

Quando sei que nada existe.

 

Parece, não tenho certeza,

Que tudo é ilusório,

Nem reza nem oratório;

Levou-os a correnteza.

Nesta vida malvada,

Sem deus, santo ou nada

Flui a vida desgraçada

Profana e não sagrada.

 

Sem sair desta ingrata,

Fico sem mesmo saber

Estou perdido na mata

E tento sobreviver!    -   Santa Rita Durão

 

Não é dele não?

Então é meu mesmo, irmão!

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.