PRATA BABPEAPAZ

Árvores generosas.

                                 

 

Nós te saudamos, árvore querida,

por tua beleza e generosidade, porquê ofereces aos homens e aos animais, deliciosos frutos e o oxigênio vivificante.

Nos entristecemos, árvore amiga, pela destruição de tantas colegas tuas.

De nossas grandes florestas,  muitas madeiras de lei, belos e frondosos jacarandás, imbuias, cedros e angelins, jequitibás e perobas que ao serem vendidos para fabricar casas e móveis e queimados para reflorestamentos e outras plantações, foram aos poucos desaparecendo,  em nome da ganância e do egoísmo.

Um dia, árvore, foste semente que brotou, que cresceu e evoluiu.

Abrigas ninhos de pássaros, belos troncos tens,  folhas que dançam ao murmúrio do vento e que, como algumas raízes,  têm   propriedades medicinais. Nos dás sombras em que descansamos quando  está muito quente a temperatura e a caminhada é longa.

Não chores lágrimas de orvalho, árvore amiga e bondosa, pois

os coloridos e belos pássaros, as orquídeas e muitas pessoas te amam e por ti sentem gratidão, por nos ensinares a lição do amor e da bondade.

Qualquer perda significativa de florestas, afeta diretamente o clima da Terra e, em consequência todas as formas de vida.

Podemos cuidar e plantar em nossos quintais e jardins, ou em fazendas, árvores ou arbustos e outras plantas, atraindo borboletas e pássaros. Do esforço e dedicação de cada um podemos restaurar e cuidar de um pedacinho da Terra.

As plantações impedem que as águas das chuvas batam diretamente no solo, destruindo a camada superficial e carregando os nutrientes, causando erosão, infertilidade e assoreamento dos rios.

As árvores servem de proteção contra ventos, reduzem a poluição sonora e suas folhas caídas podem por meio de compostagem, oferecer um excelente adubo orgânico.

Se você  nunca observou um beija flor tirando o néctar das flores, nunca se alegrou com o canto e o gorgeio de passarinhos, nunca sorriu ao ver uma borboleta colorida pousando numa flor que você plantou, nunca esperou por uma ave migratória, saiba que nunca é tarde para começar.

 

                                                Florianópolis, 08 de outubro de 2015

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –