PROCURA-SE – Um duo

3542260270?profile=original


Procura-se um coração desavisado
Eu o perdi e não sei como achá-lo
Andei pelos labirintos a procurá-lo
A quem o localizar, favor devolvê-lo

Ninguém precisa de dois corações
Basta apenas um a pulsar no peito
Não tem jeito são muitas as emoções
Vou dar um beijo a quem o trouxer

Ele saiu à procura de muitas ilusões
Foi em busca da tal famosa felicidade
Que não deixa de ter lá suas razões
O amor assim abre as possibilidades

Achei que ele iria dar só uma volta
Mas o danado desconfio que foi caçar
Eu sei que dele... Não cuidei direito
Distraí-me ficando com a saudade

Agora estou assim perdido pela cidade
É como ao abrirmos a porta da gaiola
E o pássaro preso ganhar a liberdade
É uma fuga plena... De necessidade

Ele só quis sonhar, mas estava iludido
Deve ter esquecido o meu endereço
Ou  ficou volátil e desinteressado
Ele anda quieto e sem alvoroço

É indefeso, nada sabe deste mundo
Sabia o seu lugar, sem se contrapor
Ele passou por sufoco e todo tipo de dor
Eu fico imaginando por que não voltou

Tenho de encontrá-lo o quanto antes
Já posso imaginar onde se abrigou
Devo prosseguir na busca até cansar
Para que não fique mal-acostumado

Ele está aí com você eu sei, pode dizer
Devolva-o logo, não me deixe assim
Não fique por aí se fazendo de rogado
Ou será que devo contratar advogado?!

Nem pense em tomá-lo emprestado
Devolva-o logo, antes que me esqueça
Eu sei que achado nunca foi roubado
Mas por favor, eu sou a dona dele

Sei que o achou, devolva-o para mim
E juro que nunca mais irei perdê-lo
Tenho pleno direito de reavê-lo
Uma última oferta, agora irei fazer:

Eu o confiarei a quem me o devolver!


Lourdes Ramos & Hildebrando Menezes

http://www.recantodasletras.com.br/duetos/5258568

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –