As razões do amor

3542254715?profile=original


 
Muitos são os momentos...
Intensos... Fixando sentimentos.
Só quem não sofre, não vive!
As dores e delícias do amor...
 
A incrível sensação de recolher
de cada dor uma lição,
de cada etapa vencida, a superação,
a alegria incontida refletida na paixão.
 
Podemos fazer um breve balanço
dos nossos retrocessos e avanços
e o faço aqui bem seguro de mim
afirmando que ninguém ama...
ou amou em vão, nenhuma chama...
 
Chama que se inflama a qualquer tempo
ainda que soprada por forte vento
cambaleia, enfraquece e não se apaga.
Enquanto a vida mostra a face mais renhida
 
O amor acaricia a ferida e não se acaba.
Se a dor chega  de surdina
e só um blefe pode decidir nossa sina
A sorte vem nos brindar...
O trunfo no jogo dispersa o azar.
 
A tudo resistimos e aqui estamos
Testemunhas de nosso próprio sonhar.
Meus olhos, meus sonhos... Estão nela e com ela
Quero unir meus trapos e farrapos
Vivendo e curtindo
O melhor que da vida possa levar.
 
Carmen Lúcia & Hildebrando  Menezes

http://www.recantodasletras.com.br/duetos/5228187

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –