Abraço Amoroso

3542257519?profile=original


Perpetuando o abraço amoroso
Que cola no peito e é gostoso...
Tem cheiro de que mais é quente
É ardente, meio inconsequente

Deixando nosso corpo dormente
Os braços delirantes entorpecidos
Com os pensamentos escondidos
entre os delitos ________ [instintos?!]
________... Afloram... Possuídos

A realidade é tão autêntica como as flores
___ São o que são nada além!
E sempre se soube que das entranhas
[nada nostálgicas!] das mulheres

É que surgem divindades e sonhos
E muitas vezes a majestade do instante
Se dá em parceria com o abraço,
Não com a nostalgia que fica distante

Até mesmo por que, a nostalgia
A nada se compara no mundo exterior
Ela tem personalidade própria
Nem ao dia e nem a noite...
Nem do sol e nem da lua

E o experimentado olhar
Enlaça tudo que desponta do inconsciente
Locomove-se pelo ar...
Sentimento poderoso e possante
Sejam flores ou ex_prantos!
O que vale é o quanto...

Lúciah Lopez & Hildebrando Menezes

http://www.recantodasletras.com.br/duetos/5243793

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –