Recanto destinado à publicação dos Fibhaikus, poemas cuja rigidez da forma alia-se sedutoramente à criatividade dos seus autores. Criado por Sílvia Mota.

15 Members
Join Us!

O que é um Fibhaiku?

Origem e noções conceituais:

O FIBHAIKU (nome formado de Fibonnaci + Haiku) é um poema minimalista da família do haikai. Sua criação é nomeada ao poeta John Frederick Nims, em 1974. Expõe uma história breve, mínima, concisa... é quase um "soco" aos olhos do leitor!

Estrutura:

A estrutura do fibhaiku é rígida.

Não possui numeração, pois o título é obrigatório e faz parte do poema; possui 20 sílabas poéticas, que incluem o título, o qual entra na contagem de versos como o primeiro. A contagem das sílabas poéticas dos versos segue a sequência Fibonacci (1,1,2,3,5,8,13...): cada verso tem o número de sílabas poéticas, que é a soma das dos dois versos anteriores.

Senão vejamos:

Título: é o 1º verso, uma sílaba poética.

2º verso: uma sílaba poética (considerando-se que antes do 1º verso, o número de sílabas é zero). Este verso deve ser um dissílabo paroxítono, porque deve ter apenas um som, sendo assim um dissílabo oxítono não cabe nesse verso, pois ele ficaria com dois sons.

3º verso: duas sílabas poéticas, que se perfazem na soma das sílabas do título (1º verso) com as do 2º verso.

4º verso: três sílabas poéticas.

5º verso: cinco sílabas poéticas

6º verso: oito sílabas poéticas

Não aceita duetos (é uma sequência infinita); nele pode-se expressar o subjetivo: sentimentos, emoções, estado de alma; sua estrutura, repete-se, é rígida; associa-se ao OuLiPo.


flor
casta
afloro
aos teus beijos
e enfloro tua cama
após me adubares de amor

****************************************
Fibhaiku nº 15.
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz.
Cabo Frio, 25 de julho de 2009 – 12h02min.
****************************************

Grupo aberto à criatividade dos nobres autores!

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Vou

    Sigo
    Buscando
    Uma ponte
    Um sinal que seja
    Um aceno que leve a ti.

  • FIB Flor Néctar Aroma Colorido Sabor e textura Belo para contemplação.
  • Um - FIB Dia Chego Perto, junto Do teu coração Onde quero morar, tu deixas?
  • Amo Tanto Assim Que nem sei Como traduzir Exprimir, expressar o sentir.
  • FIB REFLETIDO Um Dia Poesia Foi alegria Folia e fantasia Fez-se cor que a vida anuncia. Qual verso irradia, Sinfonia Amor De um Dia.
  • Da série que criei chamada " Canções e Re-Versos", onde crio poesias inspirada em fragmentos musicais que admiro.
  • Na imagem, Praia de Ajuruteua na região do Salgado do Pará, foto minha....
  • ajuruteua027.jpg


    “... Quando eu dei por mim nem tentei fugir
    Do visgo que me prendeu dentro do seu olhar
    Quando eu mergulhei no azul do mar
    Sabia que era amor e vinha pra ficar.” Todo o Azul do mar, Flávio Venturini.


    FIB

    Foi

    Como
    Um visgo
    Qual imã
    Teu olhar me prendeu
    Infinito mar, amplidão.


    Quis

    Sim
    Ficar
    Em prisão
    Então Encurralado
    No intenso, azular do teu olhar.


    Fui

    Quis
    Olhei
    Qual perdido
    Mergulhei profundo
    Descobri o amor, que veio e ficou.
This reply was deleted.

Forum

DIAMANTE BABPEAPAZ

Só... [Fibhaiku 2 - espelhado]

SÓ...fosteemborapreocupadodesceste os degrause, num sem querer ir, seguiste...Minh'alma colada ao portal...Olhavas atrásinseguroeventusdamnisó... Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz Rio de Janeiro, 28 de janeiro de 2009 – 2h58 SÓ... - 1 sílaba foste - 1 sílaba embora - 2 sílabas preocupado - 3 sílabas desceste os degraus - 5 sílabas e, num sem querer ir, seguiste... - 8 sílabas Minh'alma colada ao portal... - 8 sílabas Olhavas atrás - 5 sílabas inseguro - 3 sílabaseventus - 2…

Saiba mais…
0 respostas
DIAMANTE BABPEAPAZ

Dói... [Fibhaiku espelhado]

DÓI...doidolamento,cruza em gotao denso crepúsculomelancólico da lembrança...Entrego-me à dor desta ausência,degusto-te assime suportotua faltacá'emmim... Fibhaiku nº 3 - Espelhado Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz Rio de Janeiro, 31 de janeiro de 2009 – 2h00 da madrugada DÓI... - 1 sílabadoido - 1 sílabalamento - 2 sílabascruza em gota - 3 sílabaso denso crepúsculo - 5 sílabasmelancólico da lembrança... - 8 sílabasEntrego-me à dor desta ausência - 8 sílabasdegusto-te assim - 5…

Saiba mais…
0 respostas
DIAMANTE BABPEAPAZ

Se

Sepensono amordos teus braçosvicejo às estrelasabraço o luar, quedo ao mar... Fibhaiku nº 4 Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz Rio de Janeiro, 3 de fevereiro de 2009 – 2h06 Se - 1 sílabapenso - 1 sílaba no amor - 2 sílabasdos teus braços - 3 sílabasvicejo às estrelas - 5 sílabasabraço o luar, quedo ao mar... - 8 sílabas

Saiba mais…
0 respostas

Photos