BRONZE BABPEAPAZ

3542246708?profile=original

 

O poeta...

Um grande fingidor,

Ou um ser repleto de amor?

Alguém com sensibilidade imensa

Capaz de ver poesia no olhar,

Nos momentos vividos,

Nas palavras proferidas ou não...

Na ausência, no silêncio.

Na alegria, na tristeza,

No amor e desamor,

Na chegada e na partida,

Na vida e na morte,

Dando sentido à vida,

Mesmo quando parece

Não ter sentido nem lógica.

No dia Internacional da Poesia,

Singelamente, homenageio

Este ser atemporal, cujo trabalho.

Ou vocação - quem sabe missão-

Tem o poder de tornar o espírito

Mais livre, mais leve, e envolto.

Por uma aura de sabedoria divinal.

 

 

Isabel C S Vargas

Pelotas-RS-Brasil

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.