DIAMANTE BABPEAPAZ

3542244842?profile=original

3542245081?profile=original

A VOZ DA POESIA...

 

E é neste farfalhar de folhas ao vento,
suave ou forte nos ouvidos da vida,
(da gente) és tu honorável ente,
a poesia, a dor e a alegria!
Nascida do imo que se suplanta,
de pudores e conceitos despida,
refletes o profundo do âmago
dos sentimentos vividos!

3542245081?profile=original

E neste olhar tão insistente,
voz que não se intimida,
no cântico ou no sofrimento,
és tu poesia, a dama dos dias
e das noites eternas do tempo.
Neste teu farfalhar ao vento,
caída no solo é sussurro triste,
lírica da morte ao relento!

3542245081?profile=original
Mas basta que o destino
te faça brilhar á luz do firmamento,
dançar, sobrevoar em altos picos
na lousa de quem tem sentimento,
serás magia nos versos que engendras!

3542245081?profile=original

E eis que tua voz persistente e 
teu olhar de fênix,
se derramarão sobre os livros,
para renascer e eternizar momentos,
alegrias e tristezas.
Embargada de lágrimas
ou de euforia de todas as gentes,
és tu poesia, voz que se levanta,
um honorável ente
que á alma consente!

3542245081?profile=original

Maria Iraci Leal/MIL
POA/RS/Brasil

3542245081?profile=original

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.