Transtorno bipolar

3542197708?profile=original

Essa revolta sem pretexto e desmedida

Que atiras em mim como lanças afiadas

Fazem abrir e causam hemorragias

Em feridas que ainda nem foram cicatrizadas 

Essa ira que te ofusca a sensatez

Em poucos momentos entras em conflito

Virando meu mundo um caos com tua acidez

Para que depois essa loucura acalme

Agindo como se nada houvesses dito. 

Segues literalmente beirando esse precipício

Entre o súbito furor ou a alegria momentânea

Deixando sempre o receio e o indicio

De uma forte tendência dúbia e insana.

Não queria aceitar essa certeza

De que a hora em que me amas

De repente podes te contrariar

Alucinando certas fraquezas

Num transtorno incoerente e bipolar.

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –