SEM VOCÊ

3542236467?profile=original

Sem você sou barco à deriva no mar,

Sou órfã de pai e mestre da vida...

Sou viúva, chorosa sempre a recordar,

Aquele para quem sou ainda querida...

 

Sem você, sinto as mãos cheias de nada,

Vazio, desolação, lágrimas escorrendo

Na face parada, uma triste alma penada,

Passos sem rumo, a estrada percorrendo!

 

Sem você já não sou mais a poeta amada,

Sem você voltei a ser a mulher cansada,

Indo derrotada ao encontro da morte...

 

Quero chegar depressa a essa entrada,

Quero poder te abraçar oh alma ansiada!

- Sem você perdi meu rumo, o meu norte!

Arlete Maria Piedade Louro

PORTUGAL

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.