ABANDONADO- O CURANDEIRO DA DOR

3542190602?profile=originalEm meio a tantas histórias

Infelizmente muitas tão parecidas

Algumas se completam em dores

Em inocentes que não as merecem

 

Assim é essa história

Já começa com dores

Dores de um feto

Que se sente rejeitado pela mãe

 

Ela talvez tenha tido motivos

Apertava o embrião

Que respirava com dificuldades

Em seu ventre

 

Tomou remédios que abortá-lo

Porém, ele ali crescia

No desconforto que lhe era dado

Mas Deus o queria vivo

 

Assim passaram os nove meses

Nascera com dificuldades

Dificuldades maiores teria

Ao nascer ao ver o dia

 

Qual tal o broto novo que quase foi quebrado

Caído no chão e jogado

Pego novamente nas mãos

No meio do seio da família foi levado

 

Os dias então passavam

Por Deus aquela criança crescia

Sob os olhares do não querer

Apenas Deus o queria

 

Assim crescia a criança

Cujos olhos resplandeciam

Com uma fé imensa

Doada pela Virgem Maria

 

Na casa ninguém compreendia

Tal pureza da onde vinha

Porque existia tal ser

Tal frágil e tanta força ali tinha

 

Na maioria das vezes

Era totalmente só

Chorava com os maus tratos

Mas seu interior renascia

 

Cresceu assim na rejeição

Amigos quase não tinha

Eles eram afastados

Assim permaneciam escondidos os maus tratos

 

O tempo passara e ganhara uma Bíblia

De alguém que lhe contara sobre a Virgem Maria

Contara sobre as promessas de Jesus Cristo

Que o amor vencia tudo

 

Com carinho cuidava daquela Bíblia

Gostava dos provérbios e sabedoria

Nele encontrava força e respostas

Que o educavam e trazia-lhe forças para o dia

 

O tempo foi passando

Seus alicerces se formando

Viu então que seus alheios

Iam enfraquecendo

 

Um dia sentaram com ele

Pediram-lhe perdão

Estavam arrependidos

Por tê-lo maltratado por tantos anos

 

Seu perdão foi tão forte

Quis então ajudá-los

Depois se afastou

Para poder chorar

 

Ali onde estava então lembrou

Quantas vezes ali estivera

Chorando e pedindo à Deus

Forças para continuar

 

Só vence quem realmente crê

Que há uma força maior

Que lava todas as angústias

Que trazem no coração

 

Toda a infância também precisa

De alguém que lhe dê uma palavra de ânimo

Todo jovem, todo idoso, todo sofredor precisa

Encontrar com Deus no momento de sua depressão

 

A depressão existe

Quando sentimos que não temos valor

Quando perdemos algo precioso

Que carregamos no coração

 

Precisamos de asas

Precisamos de sonhos

Do traçado feito por Deus

Para nossa realização

 

Assim foi o menino

Que um dia seria alguém

A força daquela família

O remédio da cura

A força do amor

 

Rosalina Herai

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.