O mundo mais colorido

O mundo mais colorido

Vou respirar profundo e suavemente o tempo
Deixá-lo fluir e escorrer entre os dedos como areia
Senti-lo no silêncio aromatizado refrescante
Como hortelã acariciando o meu sensível olfato

Extrair dos instantes, suaves fragrâncias
E nelas mergulhar com gosto... Intensamente
Das horas, resgatar esperanças docemente
Como o bem me quer de pétalas desfolhadas

Absorver trezentos e sessenta e cinco dias e noites
Como em um mundo mágico que se avista no horizonte
Sutilmente sentirei do que são feitos esses dias
Claro que ao lado na companhia da melhor parceria

Pessoa valiosa, de bons instintos, que me aprecia
Quem sabe descobrirei quanto dura a eternidade
Se for possível aferir e degustar tanta felicidade
Sob luares de sonhos, piscando olhares de estrelas

E nessa ânsia toda beber a paz que se avista da janela
Ou talvez enxergando como os pássaros...
O caleidoscópio de arco-íris beijando um jardim de flores
A luz de todas as cores invisíveis!

Lúcia Guedes (Lufague) & Hildebrando Menezes (Hilde)
http://www.recantodasletras.com.br/duetos/5266893

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas