Todos os posts (12)

Cabelos dourados

Entre anjos e querubins,
vivo a vida em permanente vigília.
Não tenho tempo a perder.

Trigos dourados trago nos cabelos,
o verde tenho nos olhos.
Assim é meu alvorecer.

Ouço o canto dos pássaros e vejo a bruma.

Bebo da fonte, em suma.


(Cristin
Saiba mais…

Como uma águia

Como uma águia

Dou-me a uma pausa.
A canção já não consegue encantar.
A música destoa na pauta.
É preciso parar e refletir,
repensar para seguir.

Nesse estado de hibernação
Avalio melhor meu percurso
Há que se compor em novo diapasão
Os novos planos e suas ex

Saiba mais…

Amo-te

Amo-te

Amo-te, a cada nascer da noite...
Onde mais espero a tua presença
Sentindo o frio bafejando o meu rosto
Quando tua ausência baila ao vento
E tua suave fragrância se espalha...

Como dói não tê-la ao lado, bem junto
Sentindo teu corpo colado ao meu
Amo-

Saiba mais…

Separação

Separação

Quando em si, o amor
perdido na incógnita,
já não se alimenta.

Nada importa ou conforta
Decifrar os enigmas
Fecham-se janelas e portas...

Quando sua voz,
de angustias, dilacera.
Ouvir teu som até dói
Nada mais interessa.

Quando o coração enrijece,
E po

Saiba mais…

Solidão a dois

Solidão a dois

Não somos apenas cordiais com a solidão
Há entre nós certa cumplicidade rotineira
Ela é nossa inofensiva amada companheira
Acompanha-nos calada durante a jornada

Por todas as vezes que nos fascinam as madrugadas
Por alguns instantes ela

Saiba mais…