Obra: The Rain | Through Wind and Rain

| A chuva | Através do vento e da chuva |

La lluvia | A través del viento y la lluvia |

Autor: Norman Garstin

Estilo: Impressionista

Norman Garstin

Norman Garstin, nasceu em 28 de agosto de 1847 em Caherconlish, County Limerick , Irlanda, filho do capitão William Garstin ] e Mary Moore Garstin.

Ele foi criado por tias e avós, seguinte ao suicídio de seu pai e deficiências incapacitantes de sua mãe. Garstin participou do Victoria College, na ilha de Jersey e, em seguida, trabalhou em arquitetura e engenharia por breves períodos. Ele então viajou para a África do Sul, onde ele fez amizade com Cecil Rhodes, trabalhou como jornalista e foi envolvido com o governo na Cidade do Cabo . Prosseguindo seu interesse na arte, Garstin participou em 1880 em Antuérpia da Royal Academy. De 1882 a 1884, ele estudou em Paris em uma academia fundada por Carolus-Duran . Em seguida, viajou e pintou o seu caminho através de Espanha, Marrocos e conhecido como Dochie. Muitos dos amigos de Garstin da escola em Antuérpia tinham se estabelecido em Newlyn; Garstin e Dochie mudaram-se para Mount Vernon em Newlyn por 1886. Eles tiveram três filhos: Crosbie, Denis e Alethea. Os rapazes fizeram jornalismo e Alethea tornou-se uma artista. A família mudou-se para Penzance por 1895. Em 22 de Junho de 1926, Garstin morreu em Penzance. Garstin trabalhou como pintor, professor, crítico de arte e jornalista. Como impressor em 100 anos em Newlyn. Ele era um homem de impulsos e opiniões intensamente individuais, e incorreu em impopularidade muitas vezes através de seus pontos de vista sobre a guerra e outros temas.

Mas ele era um professor estimulante e um crítico sagaz, e tinha um verdadeiro olho para uma foto com arquitetura antiga e atmosfera histórica, bem como capaz de tornar suas intenções com efeito certo. Em 1888 ele se tornou um membro da New Inglês Art Club (NEAC). Garstin tornou-se membro da Sociedade dos Artistas de Newlyn(NSA) e estava no Comitê Provisório da galeria de arte de Newlyn para a sua abertura em 1895. Ele era um professor e tomou grupos com "sua pintura favorita assombra no Continente." [2] Por exemplo, Frances Hodgkins , um artista de Nova Zelândia, participaram 1901 e 1902 verão de Garstin esboçando aulas na França. [7] Ele ensinou Harold Harvey , a única Cornish Newlyn Escola pintor, e sua filha, Alethea. Seu trabalho consistia principalmente de pequenos painéis de petróleo no ar plein estilo, algo que ele tinha apanhado dos franceses impressionistas, como Manet . Ele também era fascinado por estampas japonesas e admirava a obra do pintor americano James McNeill Whistler. Um de seus trabalhos melhores e mais famosos é a sua pintura 1889 The Rain,' A chuva, chover todos os dias'  O título da obra vem de Shakespeare Rei Lear e Noite de Reis ". A composição desta pintura demonstra a admiração de Garstin para a arte japonesa", diz Penlee Casa. Uma lista parcial de seus trabalhos inclui: Crosbie Garstin como um bebê, 1887, óleo sobre tela, Penlee House, empréstimo de Newlyn Art Gallery Em um Cottage by the Sea, 1887, óleo sobre tela, Penlee House, empréstimo de Newlyn Art Gallery The Pool Beber, 1887, aguarela A chuva, chover todos os dias, 1889, óleo sobre tela Uma vista de Newlyn do Pier Norte, c. 1892, óleo sobre tela, Penlee House, empréstimo de Newlyn Art Gallery Casas e Barcos, óleo sobre painel, Penlee House, empréstimo de Newlyn Art Gallery Mercado judeu Street, óleo no painel, Penlee House, empréstimo de Newlyn Art Gallery Sábado (uma vista interior do Garstin Home), óleo sobre painel, Penlee House, empréstimo de Newlyn Art Gallery

https://en.wikipedia.org/wiki/Norman_Garstin https://www.pinterest.com/pin/314618723941652973/

TEMA:

The Rain | Through Wind and Rain

| A chuva | Através do vento e da chuva |

La lluvia | A través del viento y la lluvia |

Modalidade: livre

Orientações

1- Para participar deste tópico faz-se necessário, na ordem abaixo:

a) publicar a imagem proposta no cabeçalho do texto;

b) indicar o título do poema ou prosa;

c) inserir o poema ou prosa;

d) inserir o nome do autor;

e) inserir o país do autor.

2- Serão destacados, pelos Julgadores, cinco prêmios em cada categoria,

a saber:

Poemas, Contos e Crônicas,

assim distribuídos:

Primeiro Lugar

Segundo Lugar

Terceiro Lugar

Menção Honrosa

Menção Honrosa

3- Serão rejeitados:

a) os textos dos autores que não exibirem a página do perfil completa;

b) os textos que ignorarem o assunto proposto;

c) mais de um texto por autor, na mesma categoria.

4- Data limite para a postagem:

28 de Julho de 2015 até meia noite.

Participantes da Antologia Imagem e Literatura nº 57:

The Rain | Through Wind and Rain

| A chuva | Através do vento e da chuva |

La lluvia | A través del viento y la lluvia |

Maria Iraci Leal. CHUVA...

 Marcial Salaverry. A BELEZA DA CHUVA - POEMA

Marcia Portella. Chuva

José Hilton Rosa. Caminhando na chuva

REGINA DA CONCEIÇAO MADEIRA GODA. OUÇO A CHUVA

João Pereira Correia Furtado.  CHUVA QUE CAI, CHUVA QUE NÃO CAI

 Jorge Luiz Franco Linhaça. Cai a Chuva

 María Cristina Garay Andrade. CANTA LA LLUVIA

 Isabel Cristina Silva Vargas. CHUVA E VENTO INSTRUMENTOS DE RENOVAÇÃO

 Arlete Brasil Deretti Fernandes. Antologia Imagem e Literatura Nº.57 - Tema: A Chuva

Janete Francisco Sales Yoshinaga. Sinto que o céu me viu, e se pôs a chorar...

Maria Oreto Martínez Sanchis. LA LLUVIA ES VIDA (espinelas)

 Marcial Salaverry. TRISTEZAS DE UM CABOCLO - CORDEL

 Francisco Martins Silva. Chuva que rega as plantas - Poema

 Waulena d'Oliveira Silva. Que eu acredite ...

Neusa Marilda Mucci. Chuva , melodia suave

Cida Maia Oliveira. ENQUANTO A CHUVA CAI

Francisco Martins Silva. A dança da chuva - Prosa

Jorge Luiz Franco Linhaça. Jamáli e a chuva (Prosa)

Lais Maria Muller Moreira. Chuva Cálida (Prosa) 

Marcial Salaverry. A FURIA DA CHUVA - PROSA

LETI RIBEIRO. Deixa a Chuva Cair (prosa poética)

 Cida Maia Oliveira. RESPOSTAS DA CHUVA (prosa)

 Jorge Luiz Franco Linhaça. A Síndrome da Chuva- Crônica

 Isabel Cristina Silva Vargas.  EU RESPEITO CHUVA E VENTO (CRÔNICA)

Rosalina Gonçalves Ramos Herai. A CHUVA- FÉ (CONTO)

Jorge Luiz Franco Linhaça. Dias Chuvosos- Conto-

Maria Oreto Martínez Sanchis. ¡ESA BENDITA LLUVIA...! (CONTO)

 REGINA DA CONCEIÇAO MADEIRA GODA. RENASCIMENTO (CONTO)

Marcial Salaverry.  AMANDO AO TAMBORILAR DA CHUVA - CONTO

Janete Francisco Sales Yoshinaga. A fortaleza de um amor verdadeiro - CONTO

 Isabel Cristina Silva Vargas. TRAGÉDIA ANUNCIADA (CONTO)

Jorge Luiz Franco Linhaça.  A Chuva Nossa ( ou Nem Tanto) de Cada Dia - Ensaio-

Maria Oreto Martinez Sanchis. IMPRESIONES BAJO UNA OLA DE CALOR (ENSAIO)

 Francisco Martins Silva.  O desejo da chuva - Ensaio

VENCEDORES

Categoria Poemas

Primeiro lugar

 María Cristina Garay Andrade. CANTA LA LLUVIA

Neusa Marilda Mucci. Chuva , melodia suave

Janete Francisco Sales Yoshinaga. Sinto que o céu me viu, e se pôs a chorar...

Segundo lugar

Cida Maia Oliveira. ENQUANTO A CHUVA CAI

Maria Oreto Martínez Sanchis. LA LLUVIA ES VIDA (espinelas)

Terceiro lugar

 Waulena d'Oliveira Silva. Que eu acredite ...

Menção honrosa

Arlete Brasil Deretti Fernandes. Antologia Imagem e Literatura Nº.57 - Tema: A Chuva

Marcia Portella. Chuva

Categoria Prosa  

 Primeiro lugar

 Cida Maia Oliveira. RESPOSTAS DA CHUVA (prosa)

Segundo lugar

Jorge Luiz Franco Linhaça. Jamáli e a chuva (Prosa)

Terceiro lugar

Marcial Salaverry. A FURIA DA CHUVA - PROSA

Menção honrosa

LETI RIBEIRO. Deixa a Chuva Cair (prosa poética)

Lais Maria Muller Moreira. Chuva Cálida (Prosa) 

Categoria Conto

Primeiro lugar

Maria Oreto Martínez Sanchis. ¡ESA BENDITA LLUVIA...! (CONTO)

Segundo lugar

Janete Francisco Sales Yoshinaga. A fortaleza de um amor verdadeiro - conto

Terceiro lugar

 Jorge Luiz Franco Linhaça. Dias Chuvosos- Conto-

Menção honrosa

REGINA DA CONCEIÇAO MADEIRA GODA. RENASCIMENTO (CONTO)

Rosalina Gonçalves Ramos Herai. A CHUVA- FÉ (CONTO)

Categoria Crônica

Primeiro lugar

  Jorge Luiz Franco Linhaça. A Síndrome da Chuva- Crônica

Segundo lugar

 Isabel Cristina Silva Vargas.  EU RESPEITO CHUVA E VENTO (CRÔNICA)

Categoria Ensaio

Primeiro lugar

Maria Oreto Martinez Sanchis. IMPRESIONES BAJO UNA OLA DE CALOR (ENSAIO)

Segundo lugar

Jorge Luiz Franco Linhaça.  A Chuva Nossa ( ou Nem Tanto) de Cada Dia - Ensaio-

Terceiro lugar

 Francisco Martins Silva.  O desejo da chuva - Ensaio

Criadora do Grupo: Sílvia Mota

Administradora do Grupo: Maria Iraci Leal
Comissão julgadora

Silvia Mota

Maria Iraci Leal

 

 

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    3543333225?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Parabéns aos queridos amigos e amigas - poetas e escritores - pela presença constante nas páginas do Portal PEAPAZ, que somente existe graças ao talento de cada um. Sinto-me feliz e realizada por manter nosso cantinho do Amor e da Paz.

    3543333113?profile=originalBeijosssssss

  • 3543333198?profile=original

    Meus aplausos a todos. Trabalhos lindos e que brindam nossa alma com sensibilidade. Agradeço minha parte e especialmente à Sílvia Mota e Maria Iraci leal. Bjs.

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Parabéns a todos os participantes dessa grande e construtiva jornada.

    Que uma chuva de bênçãos recaia sobre todos.

    Obrigada pela MENÇÃO HONROSA a mim destinada.

    Participar com os grandes é aprender sempre.

    Abraços carinhosos.3543332990?profile=original

  • OURO BABPEAPAZ

    Muita emoção!! Como Sempre!!!

    Um certame sublime... teve muitas participações,

    e todas de alto nível,  uma maravilha nos escritos...

    Aliás todas Antologias deste grupo são esplêndidas!

    muitíssimo obrigado, agradeço a vocês queridas Maria Iraci e Silvia  Mota.

    Parabéns a todos os participantes, meu grande abraço.

    Beijos no coração

    3543332808?profile=original

  • PRATA BABPEAPAZ

    Silvia, és responsável pela criação deste abrigo no qual nos refugiamos, recebendo-nos com amor e estímulos.  MIL, incansável nos cuidados e atenção.  Às duas o meu profundo agradecimento.   Aqui torno-me, a cada dia, o que sempre fui  -  e isso jamais esquecerei.  Bjsss

    3543332907?profile=original

    À todos os colegas que encantaram nossos dias com versos e textos maravilhosos, minhas sinceras e amorosas felicitações !    Bjss Wau

    3543332935?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Boa noite queridos poetas, felicitações a todos pela grande beleza de suas obras, igualmente aos premiados! Encantada com as belíssimos trabalhos, mil parabéns, meu carinho, beijos MIL.

    3543331472?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    3543331700?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    3543332219?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    3543331653?profile=original

This reply was deleted.