Obra: A flor de piel

(Á flor da pele, Flower of skin)

Autor: Vito Campanella

Estilo: Surrealista

Vito Campanella

Vito Campanella ( Monopoli , 17 de outubro de 1932 - Buenos Aires , 26 de dezembro de 2014 ) foi um pintor italiano , vivendo na Argentina .

Sua obra é predominantemente estilo surreal , sendo um dos artistas mais proeminentes desse movimento.

Mais tarde, graças ao escultor G. Rossi, houve o encontro com quem finalmente definiria sua pintura: o mestre Giorgio De Chirico , fundador do movimento Scuola Metafísica, arquiteto da relação de Campanella com esta corrente filosófica. Em Roma, ele conheceu Salvador Dalí, que se tornou uma referência importante para Campanella dentro surrealismo.

Por um período, ele mudou-se para Milão, e teve aulas de anatomia na Escola de Belas Artes, da renomada Academia de Brera, a aquisição de conhecimentos de harmonia e proporção do corpo humano, que, em seguida, será refletido extensivamente em seu trabalho.

Lá, ele tornou-se interessado nos movimentos de pintura latino-americana e Argentina dos anos 1950 e decidiu se juntar a sua família, com base na Argentina, sem negligenciar os seus laços com a Europa. Assim, participou do Salon Metamorphosis o Grand Palais, em Champs-Élysées e do Salão de Outono Vallambreuse, ambos em Paris .

O palco Argentina

O ano de 1962 marcou a sua completa dedicação à arte. Já instalado na Argentina, fez várias séries importantes como "unicórnios" e "alquimia", cheios de significados esotéricos e as famosas "Músicos cósmicas".

Suas obras foram exibidas na Exposição Internacional de Desenhos Joan Miró, a Exposição Internacional de Pintura XII no IX Riviera Francesa ,

a Exposição Internacional de Pintura II IAG em Atenas e surrealistas Painters Mostrar Argentino em Buenos Aires.

Em 1976, ele ganhou o prêmio Palma de Ouro da Exposição Internacional, realizada em Monte Carlo, e alguns anos mais tarde, um Prêmio de Arte Contemporânea de Lyon. Um clássico da literatura gaúcha Argentina,

Martin Fierro, inspirou obras maravilhosas e o Central Post argentino emitiu um selo desenhada por Vito Campanella. Este excelente trabalho seguido outro fascinante série "Greek Mythology" (Buenos Aires), "Egg" (São Paulo) e outra exibiu em Paris e Atenas.

Na série "Bíblia" representava a Terra Santa e em Paris, onde foi nomeado membro honorário da Associação dos Artistas Franceses, criou "The Searchers".

Os anos 1980 foram muito proveitosos. Ele recebeu o Prêmio Deloye em Paris e foi ordenado Cavaleiro da República Italiana. Suas pinturas foram exibidas em Montevidéu, o Museu de Arte Contemporânea de Tóquio

e Freud Hall of Jerusalem. Sua "Homenagem a Leonardo da Vinci",

criado na Europa, foi aclamado na Itália e no Brasil. A partir deste período data a impactante série "Mulheres ... Mulheres".

Nos anos seguintes, os cartões ilustrados para a UNICEF,

realizou uma retrospectiva de suas obras em uma grande galeria de Buenos Aires e mais tarde no Museu Provincial de Belas Artes do Paraná, Entre Ríos, onde deu várias palestras. Charles André Rousseau convidou-o para integrar o livro "assinaturas Cent", que reúne 100 mais destacados artistas internacionais.

Ele continuou expondo: nas Artes for Humanity Hall, em Bagdá (Iraque), a Galleria degli Uffizi, em Florença (Itália), o Salão de Arte Contemporânea de Roma (Itália). Hall Art Expo NY (Nova York) e Hall New Masters of Miami (EE. UU.). Em 1992, participou em amostras de Surrealismo Breton Hall of Lyon (França), a Galeria Mitsukoshi, em Tóquio (Japão) e outras exposições em Aspen, Colorado (EE. UU.) E Monte Carlo (Mônaco).

Foi nomeado professor na Academia de Belas Artes de Estudos Ligúria (Gênova, Itália) e Comendador da Ordem de São Jorge e Santa Rosa de América pelo Parlamento Internacional de Segurança e Paz.

Mais tarde, o Museu Municipal de Belas Artes, em La Plata (Buenos Aires) apresentou uma grande retrospectiva e, o governo argentino premiou várias vezes suas realizações artísticas. Ele recebeu o Premio Lorenzo,

o Magnífico, Bienal de Arte Moderna, em Florença (Itália),

onde foi nomeado Membro Honorário da Associação de Artistas florentino. Ele exibiu suas pinturas na Gallerie de la Cathédrale (Monaco), ArteBA (Buenos Aires), o Art Expo NY (Nova York), Art Chicago (Illinois, EE. UU.), A sala de Arte Sacra (Syracuse) e no Luxemburgo, onde pintou um mural fantástico.

O século XXI

Vito Campanella foi convidado de honra no ARTECLASICA Buenos Aires em 2005, e nesse mesmo ano, o Senado argentino premiado com suas realizações culturais. Um ano depois, Vito Campanella tornou-se um membro vitalício do Sindicato dos Condores americanos.

Na Argentina Sociedade de Escritores (Sede SADE) pelo artista Mr. Battistelli Mauricio deu uma palestra intitulada Arte e Medicina.

Em 2006, a Casa da Cultura de São Paulo (Brasil) organizou uma grande retrospectiva Campanella e nomeado membro da Academia Brasileira de Arte, Cultura e. Em 2007, ele recebeu a Ordem do Mérito Commander concedido pela República Italiana e foi nomeada Artista do Ano pela revista da Associação Proa Borges.

Em 2008, as obras de Campanella foram expostas em galerias em Estocolmo (Suécia) e São Paulo (Brasil). Após mais de 50 anos dedicados à pintura Vito Campanella é considerado um artista universal, chamado pelo prestigiado dicionário Swiss Maestro de arte "Arte líderes do mundo".

Ele morreu em Buenos Aires , Argentina , em 26 de dezembro de 2014, seus restos mortais foram cremados no Iraola Park Cemetery, na cidade de Hudson , Província de Buenos Aires .

http://es.wikipedia.org/wiki/Vito_Campanella

 

TEMA:

A flor de piel

(Á flor da pele, Flower of skin)

Modalidade: livre

Orientações

1- Para participar deste tópico faz-se necessário, na ordem abaixo:

a) publicar a imagem proposta no cabeçalho do texto;

b) indicar o título do poema ou prosa;

c) inserir o poema ou prosa;

d) inserir o nome do autor;

e) inserir o país do autor.

2- Serão destacados, pelos Julgadores, cinco prêmios em cada categoria,

a saber: Poemas, Contos e Crônicas, assim distribuídos:

Primeiro Lugar

Segundo Lugar

Terceiro Lugar

Menção Honrosa

Menção Honrosa

3- Serão rejeitados:

a) os textos dos autores que não exibirem a página do perfil completa;

b) os textos que ignorarem o assunto proposto;

c) mais de um texto por autor, na mesma categoria.

4- Data limite para a postagem:

17 de Fevereiro de 2015 à meia noite.

Participantes da Antologia

Imagem e Literatura nº 34:

- A flor de piel -

(Á flor da pele, Flower of skin) 

João Pereira Correia Furtado. A MINHA CEBELE

José Hilton Rosa. Á Flor da pele

Marcial Salaverry. TUA PELE MACIA - POEMA

Maria-José Chantal F. Dias. Turbilhão...

Isabel Cristina Silva Vargas. A FLOR DA PELE

María Cristina Garay Andrade. DE PIEL A PIEL

Isabel Cristina Silva Vargas. RECORDAÇÕES Á FLOR DA PELE (Conto)

Lais Maria Muller Moreira. Suavidades

Maria Iraci Leal A flor da pele ou á flor da pele...

Janete Francisco Sales Yoshinaga. SONETO - Brinque na Flor da Pele

Marcial Salaverry. UMA QUESTÃO DE PELE - CONTO

Arlete Maria Piedade Louro. LEYA A FLOR DE PELE (CONTO)

SELDA MOREIRA KALIL. Á flor da pele me ví em desespero

Cida Maia Oliveira. AMOR À FLOR DA PELE - PROSA POÉTICA

João Pereira Correia Furtado. COMUNICAÇÃO PELA PELE (CONTO)

Paulo César. Sacrossanta, mulher...

Rosalina Gonçalves Ramos Herai. Á FLOR DA PELE- SINTO SUAS MÃOS

 

VENCEDORES

Categoria Poemas

Primeiro lugar

Paulo César.  Sacrossanta, mulher...

Segundo lugar

María Cristina Garay Andrade. DE PIEL A PIEL

Terceiro lugar

Isabel Cristina Silva Vargas. A FLOR DA PELE

Menção honrosa

Janete Francisco S. Yoshinaga. SONETO - Brinque na Flor da Pele

Maria -José Chantal F. Dias. Turbilhão...

Categoria Conto

 Primeiro lugar

Arlete Maria Piedade Louro.  LEYA A FLOR DE PELE (CONTO)

Segundo lugar

Marcial Salaverry. UMA QUESTÃO DE PELE - CONTO

Terceiro lugar

João Pereira Correia Furtado.  COMUNICAÇÃO PELA PELE (CONTO)

Menção honrosa

Isabel Cristina Silva Vargas. RECORDAÇÕES Á FLOR DA PELE (CONTO)

Categoria Prosa

Primeiro lugar

Cida Maia Oliveira. AMOR À FLOR DA PELE - PROSA POÉTICA

Segundo lugar

Lais Maria Muller Moreira. Suavidades

Criadora do Grupo: Sílvia Mota

Administradora do Grupo: Maria Iraci Leal

Comissão julgadora

Silvia Mota

Maria Iraci Leal

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.