Antologia 29: La soif

Obra: La Soif (Sede, Thirst, Sed)

Autor: William-Adolphe Bouguereau

Estilo: Acadêmico

 

William-Adolphe Bouguereau

 

William-Adolphe Bouguereau, francês, 30 de novembro, 1825 - 19 de agosto

de 1905, era um francês pintor académico e um tradicionalista. Em suas pinturas

de gênero realísticas, ele usou temas mitológicos, fazendo interpretações modernas de clássicos temas, com ênfase sobre o corpo humano feminino. Durante sua vida, ele recebeu popularidade significativa na França e nos Estados Unidos,

recebeu inúmeras homenagens oficiais, e recebeu preços melhores para

os seus trabalhos. Como o pintor salão por excelência de sua geração,

ele foi insultado pelo impressionista avant-garde. No início do século XX, Bouguereau e sua arte cairam em desgraça com o público, em parte devido

à mudança de gostos. Em 1980, um renascimento do interesse na figura pintura levou a uma redescoberta de Bouguereau e sua obra. Durante todo o curso

de sua vida, Bouguereau produziu 822 conhecidas pinturas acabadas,

embora o paradeiro de muitos ainda são desconhecidos.

http://www.bouguereau.org/La-Soif-%28Thirst%29-large.

html http://en.wikipedia.org/wiki/William-Adolphe_Bouguereau TEMA:  La Soif (Sede, Thirst, Sed)

Modalidade: livre

 

Orientações

 

1- Para participar deste tópico faz-se necessário, na ordem abaixo:

a) publicar a imagem proposta no cabeçalho do texto;

b) indicar o título do poema ou prosa;

c) inserir o poema ou prosa;

d) inserir o nome do autor;

e) inserir o país do autor.

 

2- Serão destacados, pelos Julgadores, cinco prêmios em cada categoria,

a saber: Poemas, Contos e Crônicas, assim distribuídos:

Primeiro Lugar

Segundo Lugar

Terceiro Lugar

Menção Honrosa

Menção Honrosa

 

3- Serão rejeitados:

a) os textos dos autores que não exibirem a página do perfil completa;

b) os textos que ignorarem o assunto proposto;

c) mais de um texto por autor, na mesma categoria.

 

4- Data limite para a postagem:

 13 de Janeiro de 2014 à meia noite.

 

Participantes da Antologia

Imagem e Literatura nº 29:

- La Soif (Sede, Thirst, Sed) -

 

Maria Iraci Leal. SEDE, TENHO SEDE...

María Cristina Garay Andrade. BEBIENDO TU NECTAR

Marcial Salaverry.  ÁGUA FONTE DA VIDA - POEMA

Isabel Cristina Silva Vargas. SEDE DE VIDA

Lais Maria Muller Moreira. Dar de Beber (Prosa)

João Pereira Correia Furtado. VAI A BILHA AO CHÃO

Paulo César. Mata-me a sede, água pura - incolor, insípida e inodora!

João Pereira Correia Furtado. A CASCATA DA ÂNGELA - CONTO 

Janete Francisco Sales Yoshinaga.Soneto Jarro Sedutor

Isabel Cristina Silva Vargas.ÁGUA DE BEBER - CRÔNICA

Maria Aparecida Maia Viégas de O. SEDES DE UM VIVER

Rosalina Gonçalves Ramos Herai. Sede

SELDA MOREIRA KALIL Água bendita

Maria-José Chantal F. Dias. Ahh! Que Sêde tenho!

Arlete Brasil Deretti Fernandes. Antologia Imagem e Literatura no- 29 - Tema: A Sede: "É Grande A Minha Sede"(Prosa)

Arlete Maria Piedade Louro. A MARIA DA FONTE (CRÔNICA)

 

 

VENCEDORES

Categoria Poemas

 

Primeiro lugar

Paulo César. Mata-me a sede, água pura - incolor, insípida e inodora!

Segundo lugar

Janete Francisco Sales Yoshinaga. Soneto Jarro Sedutor

Terceiro lugar

Isabel Cristina Silva Vargas.  SEDE DE VIDA
 

Menção honrosa

Maria-José Chantal F. Dias. Ahh! Que Sêde tenho!

SELDA MOREIRA KALIL Água bendita 

 

Categoria Crônica

Primeiro lugar

Arlete Maria Piedade Louro. A MARIA DA FONTE (CRÔNICA)

Segundo lugar

Isabel Cristina Silva Vargas.ÁGUA DE BEBER - CRÔNICA

 

Categoria Conto

Primeiro lugar

João Pereira Correia Furtado. A CASCATA DA ÂNGELA - CONTO

 

Categoria Prosa

Primeiro lugar

Arlete Brasil Deretti Fernandes. "É Grande A Minha Sede"(Prosa)

Segundo lugar

Lais Maria Muller Moreira. Dar de Beber (Prosa)

 

 

Criadora do Grupo: Sílvia Mota

Administradora do Grupo: Maria Iraci Leal

Comissão julgadora

Silvia Mota

Maria Iraci Leal

 

 

 

 

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –