BRONZE BABPEAPAZ

PÃ E CUPIDO A SERVIÇO DO AMOR / ENSAIO

3542273574?profile=original3542273811?profile=original3542273849?profile=original

             Fonte em se tratando de água é manancial, água viva que sai da terra, nascente, algo bom e indispensável para a sobrevivência humana.

É algo tão precioso e importante que se deseja ter por perto como meio de abastecer pássaros, embelezar ambientes, e até mesmo harmonizar certos espaços. Daí a existência de fontes através de obras criadas pelos homens, obras artísticas ou não tentando aproximar esta riqueza do homem e associá-la a outros elementos criando energias positivas em relação ao amor, a fortuna, a sorte. Há fontes famosas em vários lugares do mundo que se tornaram pontos de visitação obrigatória dos turistas, viajantes apaixonados.

A água tem um poder energizante para algumas pessoas. O barulho de água corrente acalma, relaxa e por este motivo muitas pessoas colocam pequenas fontes em suas residências, nos ambientes de trabalho a fim de torná-los mais aconchegantes e pacificadores, evitando estresse.

                           Nas fontes em locais públicos a água associada a elementos característicos de sentimentos imprime vida, movimento e energia relacionada a isso.

                           A fonte do deus Pã, da mitologia grega, que era o deus dos bosques, dos campos, dos pastores e dos rebanhos, que era poderoso e atraía com sua flauta as ninfas dos vales e montanhas onde residia , vagava e as caçava para com elas dançar. Isso nos remete à conquista, a sedução, ao amor, o que se enfatiza associado ao cupido, que representa o amor e equivale ao deus EROS da mitologia grega que era filho de Vênus e Marte, deus da guerra. Cupido anda sempre com seu arco e flecha para atingir o coração das moças, homens e deuses. Nesse mister conseguiu atingir o coração da princesa Psiquê, a deusa da alma, com quem teve um romance muito famoso.

 PÃ e Cupido associados a uma fonte de água corrente envidam esforços, energias para atrair as moças para o amor, em uma atmosfera de encantamento, pois a água relaxa, energiza, acalma e associada às rosas purifica os seres, os ambientes e os sentimentos.

         Ao relacionar Pã e Cupido que ligou-se à Psiquê,automaticamente, liga o amor à alma , e não a coisas materiais, fortuna, ou bens, mas ao imaterial, ao sentimento e, sobretudo, ao sentimento mais puro e nobre,junto com outros como a caridade, a doação, que são nobres atitudes que só brotam onde há amor.

                                              Isabel C S Vargas

                                             Pelotas/RS/Brasil

    

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    3543337478?profile=original

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Chantal querida concordo com tua posição. Fui ao link e achei ótima a colocação. Concordo, plenamente com ar argumentações do autor e corroboram o que aprendi nas oficinas literárias que fiz sobre crônica e conto com excelentes autores. Volte sempre minha amiga para enriquecer nossos trabalhos com sua opinião. Afetuoso abraço.

    ISabel

  • Belo ensaio, parabéns Isabel.

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Que maravilha, deve ser mais um entre outros que deves ter conquistado. Sucesso!

  • This reply was deleted.
  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Cupido

    Cupido, também conhecido como Amor, era o deus equivalente em Roma ao deus grego Eros. Filho de Vênus e de Marte, (o deus da guerra), andava sempre com seu arco, pronto para disparar sobre o coração de homens e deuses. Teve um romance muito famoso com a princesa Psiquê, a deusa da alma.

    AINDA...

    Ensaio é um texto dissertativo e essencialmente não ficcional. É uma divagação sobre algum tema não necessariamente pessoal, porém, imprimindo premissas, inferências e conclusões opinativas de quem o escreve. É alguém expondo sua opinião pessoal sobre uma verdade que, a seu modo de ver, precisa ser apresentada a todos. 
    Já a crônica, é o acontecimento diário sob a visão criativa do escritor. Seus personagens podem ser reais ou imaginários. Não é mera transcrição da realidade, mas sim uma visão recriada dessa realidade por parte da capacidade lírica e ficcional do autor.

    https://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20111025055221AA0P5LB

    Isabel argumenta sobre os beneficios da água

    e mais...

    Ao relacionar Pã e Cupido que ligou-se à Psiquê,automaticamente, liga o amor à alma , e não a coisas materiais, fortuna, ou bens, mas ao imaterial, ao sentimento e, sobretudo, ao sentimento mais puro e nobre,junto com outros como a caridade, a doação, que são nobres atitudes que só brotam onde há amor.

    Cupido
    Cupido, também conhecido como Amor, era o deus equivalente na mitologia romana ao deus grego Eros. Filho de Vênus e de Marte, (o deus da guerra) anda…
This reply was deleted.