BRONZE BABPEAPAZ

O AMOR E A SOLIDÃO

3542303960?profile=original

3542304059?profile=original

Solidão é sentimento interior

De quem não tem amor suficiente

Por si mesmo como ser único

Capaz de prover sua satisfação interior.

 

Há muitas criaturas rodeadas de outros seres

Familiares, companheiros de jornada

E, mesmo assim, sentem-se só.

Não conseguem estabelecer conexão de alma.

 

É algo muito pessoal, imaterial, subjetivo.

Seres completos, felizes, entendem a vida

Seus segredos, seus mistérios intrínsecos.

Aproveitam os momentos, se enriquecem.

 

A solidão pode abater o que está ativo,

O que está inativo. O que nunca amou

Ou que perdeu um amor, e vive a reclamar.

Mas não o que se ama e ama a vida.

 

É necessário ter um interior provido de sentimentos

De relações profícuas ao longo do tempo,

É preciso saber que nada dura eternamente

E um momento estaremos sozinhos por circunstância.

 

Aquele que tem vivências felizes

Recordações boas e ricas de afeto

Tem uma carga afetiva enriquecedora

Que preenche as lacunas surgidas.

 

É o ser que mesmo sozinho, tem gosto

Pela vida, pela leitura, pela música

Pela arte, por atividades que o completem

Sem viver a lamentar o que passou.

3542304155?profile=original

 

Isabel C S Vargas

Pelotas/RS/Brasil

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.