Mensagens de Blog

Viver com auto punição

Viver com auto punição

De repente amarguras vem a mente.
O cotidiano não dá mais.
Queria minha paz de volta.
Estou em revolta comigo mesma.
E, me atiro aos leões.
Estou explodindo a cada dia.
Tantas e tantas decepções.
Flagelo-me com agressões, e nessa auto punição sofro minhas angústias.
Não teve um momento certo para a depressão.
Talvez com dezoito me revoltei, mas foram nas percas de 2 filhos, aumentou mais a angústia, a tristeza, e olha já fiz tratamento, com certeza, um foi um aborto espontâneo,meu primeiro filho ou filha,não sei, só tinha sete semanas e 4 dias, me culpo até hoje por ele ter partido, foi um pedaço de mim, que foi privada abaixo no hospital Nossa senhora de Lourdes, hoje São Luis, depois o Gabriel aos 2 anos e 10 meses, isso me consumiu demais. Hoje não tenho paz.
Quando o Gabi ficou doente engravidei do Emmanuel, e sei o por que luto por ele,embora sei que ele tenha muitas vezes que lutar sozinho. Foi uma gestação difícil, que simplesmente afetou meu filho. Por isso me culpo tanto.
Hoje após tantos anos de dedicação a SEE SP- Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, onde lecionei e me atrevi a ser coordenadora das escolas: EE Prof. Dr.Lauro Pereira Travassos e EE Manuel Borba Gato,ambas da Diretoria Sul 1, nunca pelo que lembro chamei colega de incompetente.
E,agora desde 2012 - adoentada,onde fiquei um ano entre afonia e disfonia vocal, me readaptando em 2014, vejo que não sou mais útil, e isso me entristece mais e mais.
Só queria um pouco de paz.
Parar de me flagelar, parar de somatizar tudo para o meu corpo,e me arruinar como mulher, como ser humano, sem contar, que dei o melhor de mim a Educação.
Também,lembro que não sou certa em tudo, errei e erro sempre. Afinal,não sou perfeita.
Mas, queria atenção.Queria ser útil, queria que o mundo tivesse mais Justiça e fazer do mundo algo melhor.
Assim, sendo, desejo a todos paz e compreensão, pois não é fácil para alguém que tem depressão, ficar sendo ridicularizada pelos outros, e sei de alguns colegas que também estão deprimidos, e o pior os que não estão,se acham perfeitos e competentes demais, fazem chacotas, isso é um absurdo,pois se são letrados, para que fazerem isso com quem adoeceu? Estou cansada, a mente hoje pensa em morte,amiga que temos que ter em nossas vidas.
Téka Castro, escritora e professora da disciplina de Química.
Wicca. Ambientalista.
São Paulo, 9 de Agosto de 2018.
Contato: alegabema@gmail.com
Facebook: Escritora Teka Castro - texto em inglês no link: https://poetrypoem.com/cgi-bin/index.pl?poemnumber=1281176&sitename=mypoems2025&poemoffset=0&displaypoem=t&item=poetry

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.