Mensagens de Blog

Vem, não tardes!

 Vem, não tardes!
Marque meus dias...
todos os dias...
Mas principalmente,
as noites,
sempre frias, geladas...
É quando mais sinto
a ausência do teu calor,
do teu corpo másculo,
do teu hálito de súplica,
me dando todo o teu
amor!!!
Vem, não tardes!
Mate o vazio que se esgota
à sua procura, num desafio!
Vem, não tardes!
Vem fazer do meu corpo,
teu abrigo permanente,
todas as horas... e,
fique!
Não vá embora...
Vem!!!
Ciducha Seefelder 
Arte da querida Silvia 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • OURO BABPEAPAZ

    Belo poema. Uma súplica.

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Que linda Poesia Querida Ciducha, sempre a saudade... Adorei!

  • TOP BABPEAPAZ

    Com este pedido é difícil um não, querida Ciducha!  Beijo.

    • OBRIGADA PELA LEITURA POETA E AMIGO JORGE CORTÁS

      BEIJOS

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Clamor que se escancara em saudades... Quantos sentimentos nas linhas e entrelinhas dos teus versos! Beijossssssssssssss

    • Obrigada pelo carinho da leitura Silvia querida

      Beijos muitosssssssss

  • Fico imaginando a fila... E todos os Ciduchos com a mesma pergunta nos olhos: - Será que sou mim?... E outro Ciducho responde; - Tu, não! Mim! E um outro Ciducho: - Nem tu, nem ele, mim que vai!... E por aí vão, interpelando-se em interrogativas os Ciduchos sonhadores...

     

    • Pior que é verdade,poeta kkkkk

      São todos os Ciduchos imaginários...

      Beijos e grata pela leitura

  • BRONZE BABPEAPAZ

    127502034?profile=original

This reply was deleted.