Boa Participação

Vem, não tardes!

 Vem, não tardes!
Marque meus dias...
todos os dias...
Mas principalmente,
as noites,
sempre frias, geladas...
É quando mais sinto
a ausência do teu calor,
do teu corpo másculo,
do teu hálito de súplica,
me dando todo o teu
amor!!!
Vem, não tardes!
Mate o vazio que se esgota
à sua procura, num desafio!
Vem, não tardes!
Vem fazer do meu corpo,
teu abrigo permanente,
todas as horas... e,
fique!
Não vá embora...
Vem!!!
Ciducha Seefelder 
Arte da querida Silvia 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.