Sonata para ti (in lilac)

Sonata para ti (in lilac)

No sonhar que aqui decanto,
Musiquei as notas do meu sentir,
Ritmei por ti meu tênue pranto
Qual “sing a song” pelo teu existir.

Em tempos e contracantos,
Movimentos definidos
In solo o lento querer
O desejar vem seguido
Acordes para envolver.

Segue em tons, se faz em cores.
Nuances de azuis entremeados
Na paixão os lilases dos amores
Suaves violetas, cachos e cachoeiras.
Derramando em roxos aromados...

Por ti fiz do amor uma canção
Cantigas compus com tal ardor
Espalhei violetas no teu chão
É lilás, arroxeado, o meu amor...

Recebe então o que de mim ecoa
Pois desse intenso vibrar te apropria
Ama-me logo, não tarda, o tempo voa.
Deixa que brotem lilases de alegria!

Poesia on line de 10/05/10
Mote: Lilás ( insp. Na cor ou na música)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.