Somos nossas escolhas

Somos nossas escolhas

O recanto estava quente e florido
Repleto de frutos e flores
Havia, também, muita abundância de amor.

Alguém que observe atentamente a natureza
Sabe identificar todo o seu potencial
Sua capacidade de nos sustentar e oferecer sua beleza.

Ah! Quantas atitudes tomamos que violentam a mãe Terra
Que vai incomodando sua harmonia
Silenciosamente, ela procura ir se superando.

Indiferentes, simplesmente permanecemos
Até o dia que não terá mais volta.
Então, teremos que encarar a renovação dura.

Experimentaremos sua força avassaladora !
E pagaremos por todos os desmandos que contribuímos e provocamos.
Ninguém, será capaz de se esconder
Ninguém !

Carlos de Campos*

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.