Será?

 
Será?
 
Será,
Ele um bruxo que zomba
do meu imaginário?
Que minha inquetude
atiça sua mente?
Ou como um alquimista
que tenta me alcançar
com  suas parcas linhas?
Será,
Ele um predestinado
a tirar meu tino,minha sensatez,
através de um esgar  enviezado,
sem me fixar ,e entender  ,que é só e somente  dele,
o meu olhar?
Ciducha Seefelder
 
 
 
 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.