Mensagens de Blog

Sensível demais.

Sensível demais.

Escrevo para expressar meus sentimentos.
Tenho inspiração a qualquer momento.
Às vezes, percorro por desabafos,
Traço de melancolia,
Mas estou sempre a dedicar-me a poesia.
Obras em vários cadernos universitários manuscritamente escritos, fatos, razões, emoções vividas.
Os sonhos que componho com ardor, amor que preenche meus dias,
poesias, que muitas vezes, as minhas mãos foram utilizadas, mas, não lembro de está ali para escrevê-las.
Psicografias, ou a sensibilidade exagerada, mas ali estão, escritas a ponto de hoje numa releitura ver acontecimentos proféticos.
Escrevo por arte, por amor, dedicação, por simples inspiração, escrevo o melhor e o pior de mim.
Transcendo muitas vezes ao escrever, e mais uma vez, cito o Beto(WRCS), que escreveu num dos meus caderninhos de recordação, que eu ao escrever troco balas de canhão por botões de rosa, que sou sincera ao escrever, sou talvez mais verdadeira e por inteira me dou.
Sim, escrever é uma arte, na qual a minha Química faz parte, no qual em pleno século vinte e um, sou uma alquimista, e na minha simples realidade sem ganhos de uma artista, mas com fortes pontos de vista.
Sei que escrevo às vezes, besteiras, desabafos, traço uma busca constante com meu eu, com Deus, com as loucuras transcendentes que sou, a forma inspiradora que aqui estou, e a riqueza de conquistar leitores para aquilo que amo.
Escrevo por ser sensível demais, e acreditar na minha busca eterna pela Paz.
Teka Castro
SP 24 de março de 2019.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.