Mensagens de Blog

Poetisa e Escritora

SEMPRE A AMANTE ULTRAPASSA O SER AMADO

 

xxxxx

 

 

 

 

xxxxx

 

 

 

BECAUSE I LOVE YOU

Oferta
Ao poeta da solidão
Rainer Maria Rilke o maior poéta lirico comtemporaneo Austro Alemão

SEMPRE A AMANTE ULTRAPASSA O SER AMADO
DE Té

 

Contemplo o etéreo firmamento

Quebrantado meu alento
Semi cerrados meus olhos,

Turvado meu pensamento
Emudecem concepções,

Tímidas quimeras
Evadem-se dos férteis caminhos

Dos cânticos dos poetas
Irmanados á folha largada

do ser, que a formou
Isolada pelo vento das nortadas,

fica leve, e flutuante
Arrastada pela terra, mar e nada
Sou irmão desse vivente,

que vagueia, e a essência nos igualou
Enjeitada assim, tal como a folha outonal
Perdida, extraviada e errante

O que sou assim será destino?
Se eu pudesse quebrar este esmorecimento,

que me toma, sem sentimento?
Sobrevinha outrora aspiração,

Abateria o caminho onde definho
Talvez meu mal se fosse,

Cruel desígnio de amante, apaixonada
Inteira sem limites ,nessa perseverança

deleitaria o ser amado
Entrega sem metas e de liberdade tomada.
Prezando a vida, olvidando o destino,

o amante amado ultrapassaria,
nessa dedicação sem medida,

Apenas por amor, suprema felicidade

DeTé

24~10~09

MOTE:

“SEMPRE A AMANTE ULTRAPASSA O SER AMADO”
Reflexão de Rainer Maria Rilke
Rainer Maria Rilke, in 'As Anotações de Malte Lauridis Brigge'
Poema original de Té Etelvina G da Costa

 

 

 

xxx

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Poetisa e Escritora

Imagem de belas artes belas dar os creditos a quem pertence a criação da imagem e do poema

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

    • Poetisa e Escritora

      Obrigada amiga Francisca me honram quando vejo um poema meu lido e apreciado dá-me vontade de chorar e agradeço de coração pois fiz algo que agradou a alguém..  ...  saiu da minha alma solitária e triste que vive nesta vida porque tem de viver para acalentar algumas alegrias e suportar  seus sofrimentos suas dores .. Meus poemas são apenas lágrimas contidas numa vida  que já foi vida e está longe de suas recordações  que tento esquecer escrevendo.exorcizando minhas renúncias   Muito obrigada minha amiga Francisca Caldas que seja sempre feliz .e nunca saiba o quanto a solidão custa quando perdemos o alento da vida . ....tenha meu afecto .

       

This reply was deleted.