Mensagens de Blog

SEM MEMÓRIA

3541939140?profile=RESIZE_710x

Luz que se acende

Intermitente

Arabescos que só eu

Posso decifrar

Iluminam o dia

Ou fazem noite o pensar.

 

Dá-me identidade

A que fugiu

Do senhor senil

Lá no futuro

Onde a afetividade

não reconhece a saudade.

 

Foi-se o hoje

Perdeu-se o ontem

Não há amanhã

 

Viverei eu(?) submerso

Sem poema e sem verso

No oceano amargo

Onde as coisas

São vãs?

 

GONÇALVES, N. C. BABPEAPAZ, 13/05/2019

Imagem: Google

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.