Mensagens de Blog

Poetisa e Escritora

RECOMEÇAR

 

 

 

Recomeçar...

De Té

 

Encerrada a porta. Abri a janela.

E em mim, entrou a primavera.

Estava presa amordaçada.

Presa à invernia, alma dilacerada.

De porta fechada vi o sol que raiou.

e logo entrou, pela fresta aberta

Meus pensamentos, aprisionados,

Nada serviam, nem me ajudavam.

Rasguei as nuvens, me toldavam,

Agasalhei-me, tapei os cortes da alma

Desbastada de mim pouco restou

Sabendo como sou.juntei à tristeza a alegria

Porque das primaveras tomei adestramento

E quando ela voltou.me encontrou

tal como estou inovada e inteira

De alma lavada.

 

De Té

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Poetisa e Escritora

Imagem de belas artes belas dar os creditos a quem pertence a criação da imagem e do poema

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.