Boa Participação

Recado

 
 
Recado


Emprestei das árvores os beijos que ganhou
os abraços trêmulos, tomei-os todos
porque no caminho, eu vinha sozinha...

Se a costa beijou o mar e a névoa
porque eu sinto tanto frio?
Porque não repartiu comigo esse calor...

Fecho os olhos... deixo a alma planar
para tentar ouvir teu coração
ao lado do meu, que bate teimosamente...

E os toques que vivemos
retornam ardorosos, pretenciosos
tudo querendo ser outra vez... real!

É isso!
Agora me diga com sinceridade:
- Porque me deixas à mercê dos abraços da brisa,
em vez de trazer-me os teus?...
Ciducha Seefelder


Stos, 13/07/2007

NB: inspirado na música que o meu amor traduziu para mim:
 
A tradução é a seguinte:

A brisa da noite beijou as árvores com ternura
As árvores tremendo abraçaram a brisa com ternura
Então você e eu viemos caminhando e, perdidos num suspiro, nós já estávamos...
A costa beijou o mar e a névoa com ternura
Eu não posso esquecer como dois corações se encontraram batendo tão forte!!
Seus braços bem abertos me fecharam em torno deles
Você tocou meus lábios
Você tocou meu amor...
Com tanta ternura...


https://youtu.be/Hu3GCbIaV9s



 

No virus found in this incoming message.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • OURO BABPEAPAZ

    Um belo poema que a partir de uma música toca o sentimento e a habilidade da poetisa.

    MEUS PARABÉNS!

  • Bela Poesia amorosa.

    Parabéns amiga Ciducha.

  • Boa Participação

    Obrigada sempre poetisa querida Arlete!

    Beijos na alma!!

  • PRATA BABPEAPAZ

    Lindo poema sobre um lindo amor:

    ""A brisa da noite beijou as árvores com ternura
    As árvores tremendo abraçaram a brisa com ternura
    Então você e eu viemos caminhando e, perdidos num suspiro, nós já estávamos...""

    Beijossssss

    Arlete

  • Certa vez, um poeta perguntou para um outro poeta com qual inseto poderia se comparar um poeta... E o irmão respondeu: - Abelha!... Também acho...

    • Boa Participação

      Não sou muito boa em interpretações...ou metáforas..

      Mas vou tentar.Abelha?Abelha pica.Abelha produz mel..Aaaaaaraaaaaaaaaaaaaa

      Mesmo assim grata pela leitura ,Nomade

      Fica me devendo essa,viu??

      Beijos

    • Abelha produz continuamente, certo? E Ciducha, constantemente, tal qual a abelha, busca no pólen da poesia as suas inspirações poéticas sobre o amor, amor, amor... Tá bom assim? Paguei a dívida?... beijos

    • Boa Participação

      Divida paga rsrsrs

      Bjssssssssss

This reply was deleted.