Mensagens de Blog

Poetisa e Escritora

REAL OU ASSOMBRAMENTO

 

 

 

Real ou assombramento(Lembranças)

De Té

 

Quando a luz dos meus olhos,

pousaram nos teus tão sorridentes

Meu corpo estremeceu

Minha alma deu sinal

Eu conhecia aquele rosto

Aqueles olhos brilhantes

Aquele ar sereno

de meio sorriso

Donde me surgia alguem

que eu já vira, em qualquer lugar

Que me abanava assim

Tremula insegura

puxando a memória.

Sim, eu conhecia aquele rosto

Embalada na incerteza,

voltei a olhar timidamente

o que tanto me perturbava.

Indaguei dentro dos meus sonhos

no real, e no fantasiado

E sempre aquele rosto me confundia

Encanto sortilégio, sombra de ninguém

que aparecia para me confundir.

Uma alma desgastada pode fantasiar,

Pode associar o real ao maginário

O sonho á realidade

É nestes momentos, que os mistérios da vida

nos assombram.

É nestas oscilações da mente,

que pensamos, quem somos, donde viemos.

Acordamos de um sono profundo,

ou por milagre, nossa cegueira

dá lugar, a uma visão clara.

É ai que pensamos que nada

discernimosr de nós próprios

Nossos pensamentos saem entrecortados

de vidas, que pensamos conhecer

A nossa vida que vamos conhecendo

sai tantas vezes metamorfoseada

Nos surpreendendo a todo o momento

Fiquei um tempo pensando, depois fechei a página

Mas levei no pensamento aquele rosto

que eu admitia conhecer.

De Te Etelvina Da Costa

 

 

 

240,514

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Poetisa e Escritora

Imagem de belas artes belas dar os creditos a quem pertence a criação da imagem

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.