QUANDO SE AMA

Quando se ama de verdade

Mas ama realmente de verdade,

Este amor à gente nunca esquece,

O tempo passa, os dias passam,

As horas são as nossas angustias.

 

Somente no peito fica o amor

Que permanece quieto,

Aconchegante e feliz.

E quando o minuto passa,

A saudade chega e começa

A nos atormentar e o

 

Meu amor por ti só se faz aumentar.

Eu nunca imaginei que um dia eu

Iria viver este amor por ti,

E que no mundo nunca iria

Existir um amor assim como

O meu por você,

Do tipo que cabe somente

 

No meu e no teu peito.

Mas agora eu posso dizer

E falar bem alto para que todos

Possam ouvir o que é o verdadeiro

Amor de verdade, aquele amor que,

Mexe, toca e nos faz sentir saudade,

E que dura para a eternidade.

Quem ama nunca esquece

O amor que existe em nos,

Pois o amor é assim verdadeiro

E quem ama de verdade

Nunca se esquece deste amor.

 

Comendador Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas