Mensagens de Blog

Poeta

PRIVILÉGIO...

 

 

Difícil mesmo é o início.

 

O quase impossível se aproxima

para sugestionar a minha quase deletada mente.

 

Logo agora,

que necessito alimentar um raciocínio,

que se fez presente,

e neste instante,

junto com outros tantos pensamentos desvairados,

transitam pelas esquinas do meu cérebro

e não consigo alcançar qualquer um,

que seja pelo menos um paliativo,

para acalmar esta ansiedade que me trouxe

a este descontrole emocional momentâneo,

literalmente desamparado.

 

E o meu amigo sono está chegando.

 

Estranho...

Não consigo lembrar-me da razão desta escrita.

 

Por que este bloqueio repentino?

 

Acomodo o papel e a caneta,

para não atormentar-me com esta dúvida.

 

Metamorficamente surge no horizonte uma imagem distorcida,

que aos poucos toma forma.

 

Agora,

deixem-me sonhar...

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Poetisa e Escritora

    Retornando...

    É como se  você escrevesse deslizando numa velocidade espantosa no topo de uma montanha russa e toda à adrenalina do que seus olhos vêm,  à rapidez insensata do quanto bate o coração fossem tudo incapazes de alcançar à tridimensionalidade do que cria sua mente aliada ao coração. 

    Coração esse livre como são as explosões estelares, como o som do vento sem endereço. 

    Penso que poesia se sente. Simples assim.

    Por vezes até dar para tentar decifrar mas é mais como que algo das entranhas, do arrepio dos poros, do estremecer do segundo onde se leu e algo fez aquele barulho da luz que acende Sabe?

    Mas olha...

    Em respeito ao seus sonhares vou indo e deixando à luz na penumbra daquela cortina risonha está bem?

    Bons sonhos Garoto.

    • Poeta

      Voltou... Que bom que tenha voltado... Dissestes, 100%!... Acredito que vieram acompanhados com 220volts... Isto porque, o teu primeiro parágrafo deste retorno, fez-me lembrar Fernão Capelo Gaivota, de tão intensas, de tão velozes, de tão explosivas que vieram estas suas palavras, aliadas à tua alma poética... Para mim, a poesia transcende qualquer sentimento... Sim, como se fosse o troar magnífico de uma luz que se acende... Sim, apenas o facho de luz, esqueça o botão que une o positivo e negativo para dar liberdade ao "clic"... E essa explosão citada por você é como o acompanhar de um pingo d´água indo em direção a relva e ao atingir o alvo, desfragmenta-se em zilhões de microspingos que mergulham nos poros da imaginação poética e invadem as artérias para irem de encontro à emoção dos poetas atrevidos, aguerridos, indefesos... Sorria sempre, garota Ronilda!...  

  • Poetisa e Escritora

  • Poetisa e Escritora

    O impossível pela lógica do universal não existe tal qual o tempo em sua máxima velocidade.

    .... Justamente agora que reli e trili sua poesia estou com 12% de bateria ...

    Vou... Mas volto no 100%

  • Poeta e Escritor

  • Poetisa e Escritora

    Sonhe,poeta pois o melhor de nós mesmos é o sonhar...

    .Beijos , Nômade!

  • Artista Plástica Poetisa e Escritora

    É sempre bom sonha faz bem a vida tem um sentido para vivermos, amei, abraços

  • Top Comentarista

    Sem o sonho a vida perderia o sentido...
    bj

This reply was deleted.