Mensagens de Blog

Poeta

POESIA REBELDE

 

.
 
POESIA REBELDE
 
A poesia saltou pela janela,
pulou o muro, foi para a rua,
vagou por bares congestionados,
bordéis baldios, pela periferia.
 
Passou por catres e celas,
saudou a nova lua,
o sereno respingado,
na roupa do dia.
 
Saudosa, voltou para casa,
simulou um sono profundo;
decidida, algemou as asas,
para não fugir pelo mundo.
 
[gustavo drummond]
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.