PODER TE AMAR

Nesta noite de uma

Magia que paira sobre o ar

Eu venho te pedir e implorar

Para que você me dê

Forças para poder te amar.

 

Quero poder sentir o gosto

Bom de poder aninhar,

Mas aninhar mesmo no teu colo,

Junto a uma casa simples

Que de para o nosso amor

Se espalhar pelos ares.

 

Vem poder me amar,

Pois eu te invoco,

Minha morena para você

Saber que eu lhe procuro

Mesmo dormindo para poder

Apreciar no escuro suas formas.

 

Dá-me o prazer de lhe poder

Tocar para que eu possa

Sentir a tua beleza suave

Junto ao meu amor,

Vem somente nesta hora

Eu lhe espero para meu consolo.

 

Se você não me ajudar

Nesta minha fantasia

De ilusão quero que você

Mostre-me agora que és

A matéria aonde eu

Inspiro a minha poesia

E deposito todo o meu amor.

 

Beija-me com paixão sem fim,

Toque apenas o meu corpo,

A minha face também,

E eu hei de me sentir

Tão alto que poderei deixar

Explodir a minha paixão

E o meu amor por ti.

 

Quero somente neste

Momento estar por cima

Das nuvens nas regiões

Mais distantes junto a

Ti minha querida amada,

Para    que eu possa bem

Lá de o alto deixar cair

Lindas pétalas de rosas

Para teu dia cobrir.

 

Quero poder sentir você

No teu leito, tão pequeno,

Onde mal meu corpo cabe,

Com os olhos fechados

E os teus cabelos soltos

De quem apenas dorme suave

Em sua casa o sono do

Mais lindo dos amores

Que eu tenho em minha vida.

 

Agora meu grande amor

A noite já se vai,

A natureza já começa a

Despontar junto a este

Orvalho que teima em cair,

Tudo esta mudando nesta hora,

Eu me sinto neste instante

Tão triste por apenas não

Ter você do meu lado

E nos meus braços.

 

Comendador Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas