Mensagens de Blog

Advogado e Escritor

Pode? Depende, depende

 

                             Pode? Depende, depende.

 

            Em entrevista, atriz Deborah Secco, conhecida pelo seu desembaraço em interpretar papéis difíceis, sem que fosse inquirida pelos entrevistadores disparou: “meus namorados? Traí todos”. E criou o alvoroço, sendo que ela não precisa disso para aparecer; basta mostrar o rosto. O corpo, nem se fala.

            Quando apareceu nas novelas de televisão brasileira, tinha um ar infantil e ao mesmo tempo atrevido. Magrinha, nada do tipo das famosas colegas que todas conhecem, mas não vou citar nomes. Falo no da Deborah porque ela já cansou de dizer o que afirmei acima. Ora, a afirmação é inusitada, mas já vi uma entrevista. Sem o menor receio, lá vem o traí todos. E eles não são poucos. Ora, a Secco fez o papel da Bruna, no filme “Bruna Surfistinha”. Corajosa e oportuna: suas colegas, mesmo as mais audaciosas, não tiveram a coragem de interpretar a garota de programa, uma prostituta mesmo, que ficou famosa com a publicação do livro de mesmo nome, de Raquel Pacheco, recorde de vendas quando foi publicado.

            A  Bruna era do tipo exuberante, não combinava com Deborah, que não teve dúvida. Entrou para uma academia, preparou-se sei lá eu como, mas virou uma mulher altamente desejável. A moça não brinca em serviço. Talvez a própria “Surfistinha” ficaria bem abaixo do desejável corpo da atriz. Sucesso! Não é uma peça de valor artístico total, que envolve plástica, cena, cor. É história na dura mesmo. Quarto e cama!

            Deborah deu show. É a vagabundinha mais convincente que já vi nas telas. Uma putinha mesmo, que satisfaz seus clientes, aceita suas exigências e ganha o seu dinheiro. Vi o filme no computador, está disponível.

            O mais interessante: vi também a entrevista do seu atual marido. Os repórteres riram muito, e o cabra ficou na dele. Ele é o pai da Maria Flor, filha deles. Mudou tudo? Ou, ou... Diga, senhora Deborah Secco!

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.